Fringe 4x10 - Forced Perspective


Um filler de emocionar.

Fringe fez nessa semana um episódio, vamos dizer um pouco avulso a toda trama relacionada a David Robert Jones, mas em contrapartida foi todo relacionado ao drama de Olivia que corre meio que por fora do mote principal implantado nos episódios passados. Na verdade a história não andou, mas não quer dizer que foi ruim, muito pelo contrário, o episódio foi bem emocional e tocante.

Conhecemos Emily Mallun, uma garota que previa a morte de quem estivesse próximo a ela devido a uma grande sensibilidade de seu cérebro que captava as ondas dos eventos futuros. Gostei muito de toda a explicação científica para o que acontecia com Emily, já que na maioria das vezes isso é explicado como um dom sobrenatural.

Com o aviso de September no episódio oito “Back To Where You’ve Never Been”, de que ela deve morrer, Olívia se sente tocada a se ver perto de alguém que possa revelar um pouco mais sobre isso. Emily não consegue prever nada em relação à Olívia, ou na verdade previu e não quis revelar, nunca saberemos. Por um pequeno momento eu pensei que Emily poderia ser uma espécie de Observador em fase inicial, mas logo essa hipótese foi descartada.

O clímax do episódio foi a perseguição a Albert Duncan, um homem que perdeu a custódia dos filhos e estava armando explodir uma bomba num tribunal para se vingar do juiz  que deu o veredito. Albert estava nos desenhos de Emily e graças a hipnose feita por Walter, Olívia conseguiu impedir o pior.

Mas não teve melhor parte no episódio do que ver toda a dedicação do pai de Emily. E foi de emocionar o momento de sua morte, fato que ela já estava prevendo e já estava em seus desenhos. E foi exatamente sua habilidade que a matou, Emily teve um derrame devido a grande atividade elétrica em seu cérebro.

Olívia ficou muito sentida com o caso da menina, ainda mais por saber que Massive Dynamic e Nina Sharp já haviam tentado estudá-la. E o que mais me intriga é ver que Olívia está cada vez mais ligada a Nina e não faz idéia de que estão tramando alguma coisa contra ela.

Peter, assim como Walter e os outros ficaram bem em segundo plano, a não ser pela parte que ele  esclarece para Olívia algumas dúvidas sobre os observadores. E falando em Observador, podemos ver um em frente ao apartamento de Olívia. Não dá pra saber se é September ou não, já que ele foi baleado e não sabemos o que pode ter acontecido com ele.


Isso nos leva ao uma dica para o Glyph Code da semana que formou a palavra “MARCH”, MARÇO em inglês. Talvez seja um novo observador que chegou por causa do que aconteceu com September (lembrando que os Observadores tem nomes de meses do ano). Não podemos esquecer que “MARCH” também pode significar “MARCHA” e assim como nos últimos episódios esse Glyph Code possa ser decifrado só com a junção de mais algumas palavras dos próximos episódios.
Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment