The Vampire Diaries 3x11 - Our Town


Bom, mas não tão empolgante.

Você pode estar olhando essa frase e achando um absurdo, pois toda semana estou eu aqui elogiando a série por suas tramas intrigantes e cliffhangers sem fim. Mas infelizmente essa semana The Vampire Diaries fez um episódio mais morno, isso não significa que achei ruim, mas não foi no nível que estamos acostumados a ver.

Acho que Tio Kev e sua equipe de roteiristas nos deixaram muito mal acostumados com altas doses semanais de ousadia e agilidade nos episódios e agora quando a série nos apresenta episódios medianos ficamos com essa sensação de decepção. Muita série passa episódios e episódios nos apresentando coisas medíocres e de vez quando tem um salto de qualidade e agilidade no roteiro, mesmo assim estamos lá toda semana.

O simples fato para eu ter achado isso essa semana foi porque a história está um pouco estagnada, claro que houve coisas relevantes sim, como por exemplo, o relacionamento de Tyler e Caroline que foi tomado de reviravoltas. Tyler até mordeu a vampira deixando por conta de Klaus a função de salvá-la da morte. Não sei se só eu percebi, mas a partir daí pode acabar rolando alguma coisa entre os dois. Caroline tomou do sangue de Klaus a agora ela pode ficar por um tempo ligada ou até mesmo seguir em lealdade a ele, afinal, não sabemos o que o sangue de um híbrido pode fazer.

No restante achei tudo muito mais do mesmo. Esse plano de Stefan em derrotar Klaus está me deixando muito entediado, o personagem ainda não convence como alguém que não se importa com a mulher amada, mesmo cortando cabeças e colocando a vida da própria em risco.

O pior é que o passo adiante que demos na semana passada em relação ao romance de Damon e Elena voltou atrás novamente. Elena continua de mimimi e não dá a chance que Damon precisa para que os dois fiquem juntos. Pelo menos ele está determinado no que quer e parece estar disposto a esperar o tempo preciso pra ficar com a mulher amada.

Outra coisa que ficou agarrada na mesma da semana passada foi a partida de Jeremy. Pensei que começaríamos o episódio com ele já bem longe, quando de repente vi que o garoto ainda estava lá no colégio assistindo aula. E por pouco a bruxa mais ineficiente das séries, que só presta pra acender velinhas de bolo de aniversário, estragou tudo. Bonnie ameaçou contar a verdade sobre a hipnose em Jeremy, mas no final acabou entendo os motivos de Elena em fazer isso com o irmão.

O que pode render bastante é a história da Drª Fell, interpretada por Torrey DeVitto, nossa eterna Nany Carrie. Seu envolvimento com Alaric parece ser daqueles bem premeditados, pois do nada a mulher já está no Conselho de Fundadores e sabendo do principal segredo da cidade. E ainda tem a misteriosa morte de Brian, outro membro do conselho, que teve uma pequena discussão com ela. Pelo visto a personagem veio pra causar bastante tensão e mistério dentro da série e espero que com ela essa fase mais morna de TVD seja bem passageira.

PS: O print da semana teve que ser em homenagem à Caroline, já que ela foi esquecida na semana passada.

Até a próxima semana!
Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment