The Good Wife 3x15 - Live from Damascus


E fizemos a dancinha da vitória cedo demais...

Quando o episódio passado terminou sabíamos que Wendy não ia deixar a derrota barata e ia correr atrás para incriminar o Will de qualquer maneira, acho até que ela vai atrás do Peter futuramente mas isso é outra história. Só que ela não descansou mesmo e o coitado não conseguiu nem terminar a noite comemorando sua recente conquista.

Indiciado na Ordem dos Advogados pelo já conhecido fato de ter pego dinheiro de um cliente a 15 anos atrás, Will ver sua licença bem perto de ser caçada e foi graças a atitude da Diane, que recorreu frente ao conselho mentindo ao dizer que o casos gratuitos da empresa continuaram graças a ele, que a chance de suspensão por 6 meses lhe foi dada. Pensei no inicio que ele ia ignorar essa oportunidade e tentar encarar uma acusação da qual não teria defesa mas depois de uma conversa com a Alicia ele percebe que é a decisão certa, eu estou realmente animada em ver como vai funcionar toda a dinâmica da série agora que o Will não vai poder exercer a profissão e vai reduzir suas aparições na empresa para assuntos que envolvam estritamente a firma. 

O caso da semana trouxe mais uma vez acontecimentos atuais e relevantes retratando o estado de guerra na Síria por uma perspetiva do desenvolvedor de um software usado pelo governo para rastrear e punir os "rebeldes", e o Will que teve nesse seu ultimo caso por um bom tempo foi cheio de vontade de ganhar, pela primeira vez (acho) vi o personagem priorizando os clientes mais necessitados, gostei dele se impondo frente ao grande cliente que teria interesses diretos em ver o acusado cair e ainda fazendo de tudo para encontrar a irmã de um dos contratantes. Aliás, me emocionei com os dois irmãos principalmente na cena final e ao que parece o contato da Kalinda arriscou e perdeu a vida para salvar a garota, coisa que eu já estava imaginando, sempre que passava as cenas dele e o vídeo travava tinha impressão que sairia uma bomba dali.

Comecei a cansar da história que criaram pro Eli e achei a parte dele nesse episódio muito chata, Stacie, sua concorrente (e futura amante regular - anotem) ficou responsável pela campanha da ex-esposa dele deixando-o todo enciumado e voltando atrás na decisão de ajudar a mulher. Talvez agora engajado numa campanha ele possa voltar a sua melhor forma como víamos na temporada passada.

Com a retirada temporária do Will ficamos com Lockhart & Associados e o mais importante disso, Alicia assume um dos casos dele que envolve Kalinda e seu ainda tão misterioso passado, não há dúvidas que coisas boas virão por aí.
Share on Google Plus

About Rebeca Barros

Sarah, we make a family, yes? (@bkbarros)
    Blogger Comment
    Facebook Comment