The Mentalist 4x12-4x15 - My Bloody Valentine-War of the Roses



E agora voltemos à nossa programação normal...




Primeiramente, queria pedir desculpas pelo atraso com as reviews, mas infelizmente as minhas férias foram mais conturbadas do que quando estou em aulas, e com a série a todo vapor, não tinha conseguido ver todos os episódios até agora.

O que falar então desses 4 (!) episódios que se passaram? Tentarei fazer um apanhado geral, mas primeiramente eu diria que se você quer uma série com uma história dinâmica e envolvente, que pare agora mesmo de assistir The Mentalist antes que você se frustre ainda mais. Mas se assim como eu, você foi capturado pelas boas atuações de Simon Baker, e está curioso para saber quem diabos é Red John então seja bem vindo. 

Essa sequência de episódios serviu basicamente para dar continuidade aos plots secundários e dar uma ideia de como andará a história de Red John. Acho que já me acostumei ao tipo de cliffhangers usados pela série, onde os episódios não são amarrados de maneira contínua, e a continuação de um assunto não acontece no episódio seguinte. Apesar de me deixar mais curioso, isso talvez explique os picos da audiência. 

As histórias paralelas de Cho, Rigsby e Van Pelt deram passos importantes nesses episódios. Cho finalmente se rendeu ao caso com Summer, sua informante. Estava claro que era questão de tempo isso acontecer, mas o importante será mesmo a continuação da história, ou seja como ele irá lidar com o novo romance. Rigsby também deverá ter uma história envolvente e engraçada com a gravidez de Sarah (e talvez rápida, já que em 3 episódios Sarah já está com 7 meses de gravidez). Quem teve seu plot praticamente finalizado foi Van Pelt que no episódio 12 conseguiu superar o trauma sofrido com a morte de O'laughlin.

O caso Red John também deu alguns passos, já que a agente do FBI, Darcy finalmente descobriu que Red John está vivo graças à ajuda de Rosalind Harker que pra quem não se lembra viveu alguns anos com Red John (ou Roy Tagliaferro), vide episódio 1x23. Rosalind contatou Jane, informando que Roy teria voltado à sua casa, as equipes da CBI e FBI não conseguiram chegar a tempo na casa de Rosalind, mas o acontecido serviu para que Darcy finalmente tenha certeza de que Red John ainda vive, e assim ficamos com o cliffhanger que mencionei acima.

No episódio 15, tivemos mais uma referência a episódios anteriores com o resgate da personagem Erica Flynn, que deu as caras no episódio 3x19 acusada de assassinar o seu marido. O retorno de Erica teve um impacto grande, pois finalmente vimos Jane numa espécie de romance com alguém, mesmo tendo acontecido apenas um beijo entre os dois. A continuação do assunto desse também poderá dar alguma história para contar, a julgar pela conversa final entre Jane e Erica.

É isso pessoal, gostaria de agradecer a todos pelo aumento no número de comentários/visitas no blog, e pedir para que continuem comentando porque é uma motivação para continuarmos escrevendo.

"Stay tuned for our next episode"

Audiência:
4x12: 14.22 milhões
4x13: 13.87 milhões
4x14: 14.68 milhões
4x15: 13.550 milhões

PS: Achei excepcional a atuação da atriz Morena Baccarin ao lado de Simon Baker no episódio 15. E para quem ainda não sabia, ela é Brasileira e já atuou em séries como V, Homeland e conforme já foi dito aqui no blog irá fazer uma participação na série The Good Wife.
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment