The Mentalist 4x16 - His Thoughts Were Red Thoughts


"Your eyes are the gateway to truth"



Tivemos mais uma referência a episódios passados nesta temporada. Dessa vez, a organização religiosa Visualize esteve envolvida mais uma vez em um assassinato, cuja vítima foi Gabriel Meadows. Gabriel era um ex-membro da organização que tentava encontrar fatos que conseguissem incriminar o seu chefe, o nosso conhecido Bret Stiles.

Pelas dicas deixadas pelos roteiristas ao longo da série, Bret promete ser uma peça fundamental para que Patrick consiga sua vingança contra Red John (ou contra ele mesmo, Bret Stiles?). Eu particularmente gosto muito quando aparece um vilão com uma inteligência superior à maioria, já que não podemos ter Red John em todos os episódios. Bret não chegou a ser um vilão nesse episódio, porém é um inimigo a altura de Jane (assim como foi o Assassino de San Joaquin), e ver Jane envolvê-lo em sua trama me deixa mais apreensivo 
do que normalmente.


Outro ponto que merece ser comentado é com relação à vulnerabilidade apresentada por Van Pelt ao se deixar "seduzir" por Bret. Mas faço minha as palavras dela: "Você é bom, mas não tão bom quanto Jane.". Acho que de algum modo, se isso fugir ao controle, Patrick conseguirá usar isso ao seu favor e ficar um passo a frente de Bret.

A história do episódio continua com Jane tentando entender porque Bret estaria tão tranquilo ao ser acusado de assassinato. Investigando a organização Jane descobre que Bret na verdade se deixou entregar para desmascarar um possível rival na Visualize. No fim acaba acontecendo o óbvio, com a ajuda de Jane, a equipe da CBI consegue descobrir a assassina e de quebra Jane consegue ajudar Bret a se livrar do rival. Com isso, Bret fica devendo uma a Jane, o que nos indica que a sua participação na série não termina nesse episódio.


O próximo episódio da série será no dia 08/03. Então:

"Stay tuned for our next episode"

Audiência: 13.36 milhões
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment