Castle 4x18 - A Dance with Death



Uma trama de sósias mais complexa do que qualquer novela mexicana poderia fazer...

O caso da semana veio numa vibe meio "Ringer/Usurpadora" quando descobrimos que a vítima, uma competidora de um programa de dança, não era quem pensávamos e sim uma sósia que assumiu o lugar de uma mimada rica após um acidente. Acontece que o passado da vida que ela assumiu mostrou-se mais perigoso do que o seu próprio, e a descoberta de que "a original" tramou a morte do avô milionário acabou fazendo ela também ser morta. Gostei de todas as reviravoltas e a série adora colocar homicídios nesse meio televisivo não é? Tanto que no inicio do episódio fiquei esperando que a vítima saísse pendurada ou caísse morta no palco como já vimos em outros episódios.

Mas apesar de um bom caso os destaques mesmo foram as histórias paralelas dos outros personagens. Sempre falo que a série tem uma gama de personagens muito carismáticos, gosto de todos sem restrição e mesmo quando as histórias são "bobinhas" eu me divirto bastante.

Martha estava demais na sua saga para conseguir que uma crítica de teatro, que no passado detonou uma de suas performances, falasse sobre a sua recém formada escola de teatro. Castle impagável no inicio relembrando a mãe de todas as palavras cruéis que a mulher já tinha dito sobre sua atuação de gatinha (indefesa, miando e sacudindo as mãos quando não era o momento) acabou sobrando, já que Martha conseguiu se retratar com a crítica em troca de que o filho lesse e fosse gentil ao criticar o livro da mulher.

Ryan também estava ótimo tentando entender o porquê das mulheres não se insinuarem mais pra ele, descobrindo que nem era devido a aliança mais sim pelo estado de felicidade, "lua de mel" que ele exalava. Ri demais do Esposito dizendo que muitos homens (menos ele, é claro) dariam tudo pra ter aquilo.

E por fim ainda teve a Alexis, eu já disse aqui que adorei isso de colocarem ela trabalhando com a Lanie e torço pra que isso perdure. Façam a personagem fazer faculdade em Nova York mesmo e a mantenham bem no jeito desse episódio, foi demais ver as expressões do pai que adora uma conspiração ouvir dela as provas do assassinato e ficar todo orgulhoso. Mas no futuro vamos manter os limites, afinal aquilo é um ambiente de trabalho, ok Castle?
Share on Google Plus

About Rebeca Barros

Sarah, we make a family, yes? (@bkbarros)
    Blogger Comment
    Facebook Comment