One Tree Hill 9x08 - A Rush Of Blood To The Head


Sombrio e dramático.

One Tree Hill fez um dos episódios mais dramáticos de toda a série e com certeza esse foi o melhor da temporada até agora. Um dos grandes méritos da série é conseguir mexer com o nosso emocional de forma chocante e angustiante. E fazia tempo que isso não acontecia, acho que desde a sexta temporadas não víamos um episódio assim e com certeza valeu apena a grande espera.

Vou começar dizendo que Bethany Joy merece um Emmy ou algum prêmio parecido pela sua atuação nesse episódio. Foi extremamente angustiante ver toda aquela seqüência em que ela vai reconhecer um corpo que poderia ser de Nathan. Desde a promo eu já sabia que não seria ele, a dúvida era de quem seria então, mas acabou não sendo de ninguém relevante.

O retorno de Deb foi muito coerente e com certeza no melhor momento, principalmente pelo seu encontro com Dan. Era óbvio que Deb confrontaria o ex-marido mesmo que de uma forma branda, meio que pedindo consolo e ajuda. Essa coerência no retorno de Deb foi o que faltou no retorno de Lucas na semana passada. Acho muito bonita a atitude do Chad em voltar pelo menos por um episódio por causa dos fãs, mas a gente sabe que o Lucas que gente conhece (aquele que entrou numa concessionária em chamas pra salvar o pai que o odiava e que entrou no colégio depois dos tiros pra salvar a garota que amava) não iria apenas levar os sobrinhos enquanto tudo isso acontece. Mas tudo bem, a gente supera. (precisava desabafar)

Brooke, apesar de estar um pouco fora dessa trama, mesmo apoiando Haley, também não está nem um pouco em paz. A trama com Xavier está cada vez mais tensa. Mark parece mesmo querer ver Brooke sofrendo ou correndo perigo como é o caso agora. Ainda acredito que o cara possa estar buscando a redenção, mas suas atitudes estão bem suspeitas.

Já Clay acabou me surpreendendo. Podem falar que essa história do Logan é meio surreal, o que de fato é. Esquecer um filho durante todo esse tempo é meio que impossível, a não ser que você tenha uma forte amnésia. Mas foi tão One Tree Hill que eu prefiro não reclamar. A cena em que Clay se lembra de tudo e pára em frente ao quarto de Logan foi demais e até deu pra sair aquela lagriminha no canto do olho. (rs) Agora só quero saber como Quinn irá reagir a essa situação.

O episódio foi tão rico em todos os quesitos que até a trama do Chase foi interessante. Quem diria que toda essa história do pai mau-caráter de Chuck ia ter um final desses. Resta agora saber se Chase matou o pai do menino ou se só foi uma surra violenta. Só sei que ver Chase sendo preso com respingos de sangue no rosto foi muito sombrio e esperar pra ver as conseqüências disso tudo é muito mais angustiante.

Fazia tempo que eu não ficava com tanta ansiedade por um episódio de One Tree Hill ainda mais sabendo que só faltam cinco episódios pra nos despedirmos da série. É bom a galera já ir preparando os lenços e os baldes, porque a dose de emoção vai ser grande.

PS: A parte cômica do episódio ficou por conta da história da gravidez de Lauren, sendo David o pai da criança, o que na verdade foi meio estranho, tanto pra Skills quanto pra Quinn.

PS²: Depois desse episódio já se foram mais duas cenas do flashs exibidos no início da temporada, só restando agora a de Dan e Chris Keller.
Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment