Supernatural 7x18 - Party on, Garth


Confesso que nem precisei ficar bêbada para poder assistir ao episódio.

Quem episódio lindo! Nunca imaginei que iria chorar neste episódio de Supernatural como chorei neste. Tudo bem que este foi a segunda vez que chorei com a série só nesta temporada: uma com a morte de Bobby e agora com o final deste episódio.  Digo isto porque diante das promos e sinopse do episódio não poderia imaginar que por trás de tudo isso iríamos ganhar uma bela surpresa.

Antes de falarmos na bela surpresa, quero dizer uma coisa que não não tenho vergonha em assumir que fiz: tive que googlar quem era este Garth. Juro que não lembrava deste caçador. Mas assim que o vi, em menos de 5 minutos já estava dando gargalhadas com suas atrapalhadas e simplesmente me encantei por ele. É bem como disse Dean, demora para nós o conhecermos, mas depois gostamos dele. Quero mais participação dele, pois o rapaz trás um alívio cômico perfeito para o andamento da série. Como não rir com ele bêbado por só ter bebido uma garrafa (super rápido) de cerveja? Ou de suas fantasias? Simplesmente hilário. Adorei a química dele com Dean e até com Sam. 

E pensar que no final ele estava certo. Sem mencionar que 1ª vez vimos um mostro totalmente diferente do que estamos acostumados e inspirados nos filmes japoneses. Sim, realmente parecia que os produtores e roteiristas da série e inspiraram em "O Chamado" e outros filmes de terror japonês. A começar com o fato de que eles eram fantasmas do Japão e só um Chef (acho eu) do Japão traduzia as coisas para Dean e Sam. Outro fator em comum é a fisionomia. Idêntica, não?


Sem mencionar que estes monstros era invisíveis, o que dificultava os rapazes matá-los. Quero dizer, matá-los sóbrios, afinal só os bêbados conseguiam vê-los. Então vimos os rapazes enchendo a cara por quase 30 minutos de episódio e também ficamos com vontade de beber. Eu até me senti meia bêbada (rs.). Mas como eu disse no começo, a grande surpresa deste episódio estava para vir na cena final. Como foi engraçado o Garth ter mencionado que Bobby ainda estava ligado à Dean e o caçador simplesmente ignorar. Eu também ignoraria, afinal os irmãos Winchesters queimaram o grande amigo e fizeram todos os procedimentos corretos, mas como em Supernatural tudo é uma caixa de surpresa, tudo pode acontecer. Principalmente quando vimos Dean lembrando de alguns sinais e querendo acreditar que Bobby ainda estava próximo deles. Sam não acreditou e nós fãs ficamos surpresos (pelo menos eu) ao ver que Garth estava certo e Dean também: Bobby está ao lado deles e sim, o ator reapareceu neste episódio, na cena final. O motivo de eu ter chorado foi ao ver Bobby falando com Dean e ele abrindo uma cara de surpresa e um sorriso e dizendo: "ai está você" para o cantil que era do Bobby. Sim, eu também gritei "droga"!

E foi isto meus caros, mais um episódio fantástico que soube mesclar muito bem o humor com drama e trouxe novos rumos para a série. Só espero que os roteiristas consigam encaixar tudo direitinho, a volta de Castiel, os planos de Meg, o fantasma de Bobby, Lúcifer e os Leviatãs para que a temporada acabe perfeitamente bem. E depois de ver estes dois últimos episódios, acho que a série tem ritmo para mais uma temporada.  


Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment