The Voice 2x07 - Battle Rounds 2



E estamos de volta com o botão na cabeça da Aguilera e o casaco horrível do Adam. Essa semana as batalhas não foram tão boas quanto as da semana passada, mas mesmo assim não deixaram a desejar. Vamos aos fatos.


Armando: Eu já sabia qual seria o resultado da batalha, mesmo que Sera fosse muito mais inferior que foi aqui. Por vários fatos: o povo vai gostar mais de uma moça de 20 anos que um velho de 50, ela tem atitude e a Christina não escolheria ele. A voz de Geoff, assim como sua apresentação na batalha, é superior a da Sera e mesmo gostando muito dela, longe ela não vai na competição, pois o alcance da voz não é grande e tem muitas notas que ela não consegue alcançar.
Rebeca: Também já imaginava o resultado, afinal Christina subiu foi no palco pra cantar com a moça não é? Apesar de ter gostado da apresentação pra mim ficou faltando algo que nos ensaios parecia estar bem melhor mas ainda assim achei que o Geoff se saiu melhor.
Edu: Não gostei muito dessa batalha no geral, porque eu achei que eles enfeitaram muito a canção. Aquela gritaria no final foi ridícula. Acho que no fim, preferia que o Geoff tivesse passado.


Armando: Apaixonei-me pela Charlotte, a personalidade dela é ótima, a voz é boa e alcanço dela é desejável. Eu também gosto muito da Lex, da voz linda que ela tem: super suave e cheia de emoção. Mas o tom da voz da Charlotte é melhor. Eu já imaginava que ela ganharia e achei justa sua vitória. E Blake, parabéns pela escolha da música, ficou ótima na voz delas.
Rebeca: Já curtia a Charlotte desde a fase passada mas foi impressão minha ou a edição tentou fazer ela parecer aquelas pessoas malas de que tudo faz piada? Discordando do Armando não achei que a música ficou tão boa assim mas a Charlotte realmente dominou e mereceu vencer, ao contrário da Lex que só veio soar legal nas ultimas estrofes.
P.S - Só a Miranda Lambert  tem moral com a concessionária pra mandar recado de voz? Enfim um auxiliado pela Kelly Clarkson venceu se não eu já ia achar marcação.
Edu: Gostei da voz da Lex mas também tinha percebido que ela tinha desafinado, e que isso custaria a sua saída. Prefiro a Charlotte mas concordo com a Rebeca, a edição fez ela parecer uma idiota retardada.


Armando: Nossa, Juliet colocou Sarah no chão e pissou em cima em todos os quesitos. Juliet estava muito mais a vontade no palco, fez um bom uso dele, vocalmente teve alguns deslizes, mas nada comparado aos de Sarah e sua falta de personalidade. Vitória justa.
Rebeca: Não tinha como a Sarah ganhar né gente? E esse papinho de coach que a pessoa tem que superar é puro blá blá blá, desculpa pra ter certeza de quem vai mandar pra casa. Curto bastante a Juliet o que me preocupa nela é que com o tom tão especifico assim não soe bem quando tiver que cantar músicas fora da sua zona de conforto. 
Edu: Nessa batalha eu fiquei indeciso na torcida. Gostava da Juliet porque achava que ela poderia render mais, mas a Sarah me surpreendeu. A escolha da música não ajudou e ela foi muito prejudicada. Estava na torcida pela Sarah no fim, mas não deu.


Armando: tem como pedir para as duas saírem? Não gosto de nenhuma. Porém, Kim foi muito superior a Whitney, cuja nota inicial foi ruim e teve vários deslizes durante a apresentação. Eu tive a impressão que Adam colocou Whitney com Kim para eliminar a Kim, mas depois do que aconteceu na batalha ficou incontestável para ele que Kim é melhor.
Rebeca: Achei injusto demais esse par mas do meio pro final até que gostei da Whitney e iria com ela mas né a cota dos acima de 50 tinha que ser preenchida em algum dos times.
Edu: Não gostei muito da batalha, mas a Kim se saiu muito melhor. A Whitney ficou apagada perto dela. Mas apesar disso acho que a Kim não vai muito longe.


Armando: amo, amo, amo a Lindsey. Porém, esperava mais dela. Os dois jogaram de igual na batalha, mas é claro que a Christina não ia desperdiçar a melhor do time dela. Espero que ela volte a fazer versões originais de músicas populares, ela é muito boa nisso.
Rebeca: Christina mostrou como se faz e foi a única técnica que soube juntar pessoas completamente diferentes e escolher uma música que não favorecesse apenas um dos lados, o ruim disso é que fica ainda mais difícil decidir. Pra mim a melhor apresentação da noite com os dois membros que eu mais curtia do Team X-tina, o Lee soube trazer a música ao seu modo e de um jeito assustador como bem disse o Adam isso soou incrível com o que a Lindsey também apresentou, no fim eu tava torcendo por ela, mas fiquei triste com a saída dele.
P.S - Blake, como assim você não conhece essa música? 
Edu: Minha opinião é parecida com a do Armando. Adoro a voz da Lindsey, gostei muito da apresentação dela nas Blind Auditions, quando ela canta eu fico arrepiado, mas apesar disso eu esperava mais. No fim, por um momento eu pensei que o Lee iria vencer. Se houvesse um placar, diria que ela ganhou por 1% de diferença.


Armando: Que escolha de música foi essa Cee-Lo? Essa para mim foi a pior batalha, Jamar colocou Jamie entre duas fatias de pão, colocou catchup e devorou. Ele foi muito superior ao Jamie, que errou feio em muitas notas. Deu até pena do moço. Eu acho que Jamar vai longe na competição, ele tem muita presença de palco e a voz dele é ótima.
Rebeca: Deu pena do fazedor de sanduíches mesmo, mas olha que tirando a parte final essa versão da música saiu ruim até pro Jamar, gosto do tom dele e também acho que irá longe a depender claro das escolhas de músicas que virão.
Edu: Gostei dessa batalha. O Jamar apesar de não ser o melhor cantor, tem um carisma muito grande. Ele cantou muito bem, e mereceu a vitória. Apesar de gostar do Jamie também, ele não tem maturidade musical suficiente pra continuar no programa, uma prova disso foram as falhas nos ensaios.

Audiência: The Voice marcou uma audiência média de 14 milhões de telespectadores e 5.1 na demo. Essa é a pior audiência da temporada.

Share on Google Plus

About Armando Wunsch

Formando em Comércio Internacional, se apaixonou por séries depois de assistir o piloto de Ugly Betty na Sony. Desde então seu entusiasmo por seriados só aumentou. Fã convicto de Grey’s Anatomy, Modern Family e The Good Wife, acompanha mais de 20 seriados semanalmente (na Fall Season). Já deixou muitas vezes de estudar e trabalhar para assistir seriados. Apaixonado por música, chocolate, Big Mac e coca-cola, sonha em ganhar na mega-sena para não precisar mais trabalhar. (@_wunsch)
    Blogger Comment
    Facebook Comment