The Big Bang Theory 5x21 - The Hawking Excitation


O dia em que Howard se vingou de Sheldon.

Que episódio delicioso. Nunca ri tanto como ri assistindo a este brilhante episódio. Eu já esperava ver Sheldon enlouquecendo com a presença do cientista Stephen Hawking, mas nunca imaginei o que ele seria capaz de fazer para conhecê-lo. Mas confesso que tenho que agradecer ao Howard por me trazer momentos inesquecíveis que Sheldon fez neste episódio.

Sim gente, Howard de burro não tem nada. Pelo contrário, é o mais esperto da turma. A forma de como ele se vingou de Sheldon foi genial e só mesmo o Jim Parson para interpretar com maestria o nerd mais amado da série. Não canso de dizer, mas o fato do Sheldon ser cheio de frescuras é o ponto alto da série. E pensar que ele é um gênio, me fez dar altas gargalhadas com as suas tarefas para ver seu trabalho nas mãos do cientista Hawking.

Eu sabia que um dia Howard iria se vingar do amigo por ser tanto menosprezado. A ideia das exigências para Howard entregar a tese de Sheldon para o cientista foi digna. Nunca imaginei o Sheldon aceitando tais desafios e os executando com perfeição. Começou com Sheldon lustrando as fivelas com urinas do Howard e terminou com o nerd ajudando a mãe do engenheiro judeu a encontrar o vestido perfeito. Quem não deu gargalhadas com ele no provador e só escutando as vozes da mãe do Howard e do Sheldon? Impossível não gargalhar. Mas a cena (ou imagem) que nunca mais sairá das nossas memórias é a do Sheldon fantasiado de empregada doméstica e tendo que usar a roupa no trabalho. Até que ele ficou bonitinho. Temos que aplaudir Howard e também Jim Parson pela brilhante atuação.


Claro que no final o gênio Dr. Cooper iria conhecer seu ídolo, Hawking, com direito a desmaios e erros em sua tese, pena que para isso Howard teve que ainda escutar, como elogio, que ele tem mãos pequenas e que o que Howard faz não vale a pena. Este é o Sheldon que conhecemos. Infelizmente Penny e Berdanette só apareceram uma vez, mas o suficiente para nos dar gargalhadas. Sheldon dando um de superior com Penny é clássico e a brilhante ideia do Sheldon em acompanhar a mãe do Howard nas compras veio da baixinha mais amada do seriado: Bernadette. E como Bernadette mesmo disse, o Sheldon não sabe que é mau e a parte do cérebro dele que sabe, está sendo torturada pelas outras. Ponto para Bernadette!!!


PS 1: O que foi Howard dizendo "não" em todas as línguas? Hilário, mas nada comparado com o "não" das gangues.
PS 2: O gritinho do Sheldon quando soube que sua tese tinha sido apresentada ao cientista foi contagiante. Confesso que gritei de felicidade de também e gargalhei muito depois.
PS 3: Não tivemos Amy de novo! Alguém sentiu saudades dela?

Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment