The Good Wife 3x20 - Pants on Fire


Foi dada a largada para a campanha de governador. Separe suas armas, esconda seus podres e prepare sua família porque o caminho será longo e bem turbulento.



O retorno do Mike Kresteva não poderia ter sido em maior estilo, aliás, aproveitarei o fato que o personagem será recorrente e que o veremos por mais um tempo para elogiar a atuação do Matthew Perry (coisa que deveria ter feito na review passada), longe da comédia e da sombra do Chandler ele vai muito bem. Quanto ao Mike a gente já sabia que ele não era coisa boa desde que apareceu mas eu não esperava por essa reviravolta e essa guerra declarada ao cargo de governador e consequentemente a Alicia. 

Simplesmente adorei as cenas que retratam ainda mais a falta de limites e de caráter do personagem, ele sonso para o lado da Alicia alegando sempre a verdade ou até o discurso politico típico na tv prometendo menos impunidade e apelando para a doença do filho. 

O "lado bom" desse ataque direto dele a Alicia é que ela resolveu apoiar de vez o marido e fazer o que puder (menos envolver os filhos) para que Peter ganhe. Isso só não deixou o Eli mais feliz porque ele teve que abrir mão da campanha da ex-mulher para ganhar o apoio do comitê na campanha governamental. Bem desnecessário aquela cena dos dois na cama e eu sendo obrigada a ver o cabelo bagunçado do Eli, mas como ele só saiu da consultoria e a campanha continua isso pode incomodar ainda no futuro caso ela comece a se destacar.

E a Jackie hein? A mulher leva a sério o estereótipo de sogra e até derrame ela deu um jeito de ter, não sinto pena nem acredito em nada que vem daquela cara e estou até agora abismada com o cinismo dela em dizer que perdoava a Alicia. A casa é só uma desculpa para ela ser superior a nora e humilha-lá outra vez, foi muito bom ver o Peter tomando uma atitude apesar de já ter voltado arrependido se achando o culpado pelo ataque da mãe.

Com tanta coisa acontecendo o caso da semana foi o que menos nos importou a não ser pelo fato que a justiça da promotoria está cada vez mais manchada. A conversa sobre a felicidade no trabalho entre Alicia e Cary pode ser um indicio do jovem futuramente voltar a Lockhart/Gardner? Ou talvez ele ganhe mais destaque onde estar caso o Peter acabe eleito como governador. Sei é que estou sentindo um pouco falta dele ser mais relevante nas coisas, Cary é um bom personagem mas no últimos tempos aparece raramente, quero ver mais embates entre ele e Alicia e de preferência algum que ele ganhe ou ameace ganhar ao menos.

E por falar em ser relevante, o que fizeram com o Will? Quão desnecessário foi essa história dele ir a um grupo de apoio à advogados suspensos? Ou se envolver com aquela advogada ex-drogada sem graça? Pois é. Roteiristas amo vocês mas se for para trazer coisas desse tipo para o personagem que deixem ele quieto e aguardem os seis meses de suspensão. 
Share on Google Plus

About Rebeca Barros

Sarah, we make a family, yes? (@bkbarros)
    Blogger Comment
    Facebook Comment