Grey's Anatomy 8x20 - The Girl With No Name


As coisas não podem permanecer as mesmas. Em algum momento você tem que esquecer. E seguir em frente. Porque não importa o quão doloroso seja, é a única forma de crescermos.

Esse foi o recado bem sutil de Titia Shonda através de Meredith Grey para todos nós fãs. Há tempo que se discute o futuro da série. Antes não sabíamos se seria renovada ou não, agora a dúvida é que quem sai e quem fica para o nono ano de Grey’s Anatomy.

Planejadamente ou coincidentemente o ano em que o contrato de muitos atores estão acabando é o ano que os residentes do Seattle Grace Hospital estão prestes a seguir seus caminhos como atendentes, fazendo um grande paralelo da vida real com a ficção. Quais programas de cirurgia os nossos residentes irão escolher? Irão preferir deixar Seattle e procurar novas experiências, novos modos de aprendizado ou ficar no mesmo lugar onde sempre estiveram, um lugar que se tornou casa pra eles.

A citação de Meredith é muito bonita e muito clara. Pra crescermos é preciso deixar certas coisas pra trás e seguir em frente. Talvez seja esse o destino de Meredith e alguns residentes. Uma coisa é certa, segundo alguns sites americanos, pelo menos um deixará a série definitivamente depois desse final de temporada. Final esse que Titia Shonda está guardando a sete chaves, o que faz ela muito bem, porque sempre tem um sem noção que solta o spoiler mais revelador na sua cara quando você não quer saber de nada.

Apesar do assunto mais importante se tratar das entrevistas dos residentes, a maior parte do episódio foi centrada na “Girl With No Name”. O caso foi bem interessante, principalmente por se tratar de uma realidade muito viva nos EUA. Garotas que são seqüestradas quando ainda crianças e vivem uma vida toda nas mãos desses monstros e que depois de libertadas acabam sentindo falta da pessoa que as torturou.

O fato da garota se apegar a Meredith só serviu para atrasar as entrevistas marcadas. Mesmo que sem a intenção direta Meredith estava meio que evitando ir a essas entrevistas, sendo talvez o medo de seguir em frente.

O que gostei mesmo de ver foram as atitudes de Cristina. A personagem voltou a ser a mesma que conhecemos. Ela lidou com a separação e a convivência com Owen de forma madura e seguiu com sua vida dando prioridade ao que mais importa pra ela: sua carreira. Achei ótimo ela ser sondada pelos melhores hospitais e ainda por cima com seu ego altíssimo. Sei que muitos podem querer me bater depois que eu disser isso, mas se Cristina terminasse hoje sua jornada na série sozinha não seria nem um pouco incoerente. Tudo o que ela sempre almejou foi ser uma brilhante cirurgiã tendo sucesso na Cardio e isso sempre foi um dos maiores fatores para que seus relacionamentos falicem.

Avery e April também estão na mesma situação, mas é com Alex que a gente se importa.  E talvez seja ele o mais certo de continuar no Seattle Grace. Arizona recomendando e marcando entrevistas nos piores lugares foi ótimo. Karev acabou se tornando um ótimo pediatra e casos bem escritos envolvendo crianças sempre emocionam. Então Titia Shonda, vamos investir nessa trama que pode acabar fazendo com que o personagem cresça.

Duas partes me deixaram realmente angustiado. Primeiro foi com Bailey que ficou tocadíssima com o caso da menina  seqüestrada e entrou em completo desespero quando o filho sumiu da creche por apenas cinco minutos. Mas nada supera o drama de Richard, que além de ter que lutar com o Alzheimer da esposa agora tem que enfrentar o fato dela achar estar apaixonada por outro paciente da clínica. Infelizmente Richard não tem muitas opções além de seguir em frente como diz a citação do episódio, porque afinal, só assim que crescemos.
Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment