Hart of Dixie: 3x16 - Tributes & Triangles / 3x17 - Heart to Hart


E o prêmio de homem do ano vai para... George Tucker! O advogado mais prestativo do mundo das séries foi o foco de "Tributes & Triangles", episódio que foi ao ar antes da série entrar em hiatus. Apesar de torcer para "Zade" incondicionalmente, achei de extrema importância essa tentativa dos roteiristas de causar uma aproximação entre o público e o personagem. Aqueles que o achavam um tanto quanto apagadinho, puderam procurar no moço alguma coisa que o tornasse um pouquinho mais simpático. A começar pela decepção de Brick, o "HDA" trouxe muitas complicações para as vidas dos personagens. O pai de Lemon,  que esperava ganhar o prêmio, foi surpreendido pela vitória do genro e mais ainda, pela notícia de que a filha mais nova estava com péssimas notas no colégio, o que pode o ter prejudicado na competição. Pois é, Magnolia andou piriguetando para o lado de Wade durante o episódio todo e não cansou de ressaltar as qualidades do rapaz. PS: ponto positivo pelas cenas do Wade sem camisa, rs.

Ainda tivemos uma cena fofa entre Zoe e George falam sobre a dificuldade de relacionamento com os pais e  a moça aconselha o rapaz a convidar o pai para a festa em homenagem a ele. Acho muito bonitinha essa coisa de Zoe conseguir esconder os sentimentos que ela tem por ele e conseguir fazer o papel de amiga e conselheira. E George parece levar em consideração o que ela diz, já que ele acabou convidando o pai. 

A vitória de George também desequilibrou as estruturas de Lavon, que como prefeito da cidade, tinha que fazer um discurso para o ganhador do prêmio. E gente, que situação hein? Fazer um discurso em homenagem ao noivo da amada. Tarefa tão desagradável que o próprio não conseguiu cumprí-la e quem teve que salvar o dia (ou bagunçá-lo ainda mais), foi Zoe, que simulou a leitura de um lindo discurso supostamente escrito pelo prefeito. Tudo perfeito até aí se no final das contas, Lemon não tivesse desmascarado nossa médica de shorts. O mais interessante é que ao desmascará-la na frente de todos, a própria Lemon deu uma chance e tanto para o noivo se encantar ainda mais com Zoe. Fail hein, Lemon? Movido pelo ocorrido, Lavon decidiu contar a Lemon que Zoe sabe do caso dos dois. A moça, é claro, ficou possessa pelo fato de seu grande segredo estar nas mãos de sua maior inimiga e ficou entre a cruz e a espada, entre a possibilidade de ser dedurada e a dura tarefa de ser sincera com o noivo. Lemon é muito egoísta quando o assunto é seu amor e eu duvido que ela conte a George, sinceramente.

O baile de gala preparado para homenagear George acabou saindo um grande fiasco. Lemon havia feito a cabeça de George contra seu pai, e o advogado estava ciente de que o coroa só veio acompanhar as homenagens por conta da campanha de seu irmão. A cena da briga entre pai e filho foi, provavelmente a melhor cena do personagem até aqui. George colocou força naquelas palavras e realmente mostrou-se firme. No fim das contas o velho acabou passando mal e teve que ser socorrido as pressas, deixando George desesperado e sentindo-se culpado. No hospital, o que se sabia era que o Sr. Tucker teria que fazer uma cirurgia no coração e todos estavam aflitos. Wade acabou ouvindo a conversa entre Brick e George e foi o mediador do que pode ser um 'recomeço' para o romance entre o advogado e Zoe: o cowboy contou a ela que George não tinha coragem de pedir para que ela ligasse para o pai (um dos melhores cirurgiões cardíacos) vir para Bluebell para operar o Sr. Tucker. É claro que Zoe deu o braço a torcer pelo seu queridinho e fez a ligação. A cena final me deu uma dózinha do Wade... Muito triste ver Zoe e George de mãozinhas dadas e ele e Lemon só espiando da janela, como quem entende que de fato, alguma coisa está acontecendo. Vem cá, Wade!



Depois de um longo hiatus, Hart of Dixie voltou na segunda feira com "Heart to Hart". O episódio foi de uma fofura sem igual, o que por um lado é bom, mas por outro, ameaçador. A audiência continua muito baixa e os roteiristas terão que caprichar nas próximas semanas pra que a série continue para uma segunda temporada. 

O pai de Zoe veio de Nova York especialmente a pedido da filha. E quem não morreu de rir ao ver Zoe rastreando o voo e planejando um 'barraco' quando o visse? Esse conflito de emoções foi bem explorado e felizmente, a médica conseguiu ser firme com o seu pai e mostrar que ele nunca foi quem ela precisava que ele fosse. No final, o Dr. Ethan acabou percebendo suas falhas e confessando isso a Zoe. Com certeza a
melhor cena do episódio.

Ainda tivemos a comemoração dos 30 anos do Rammer Jammer, com a competição entre Wade a garçonete na elaboração de drinks e a divertidíssima participação da sobrinha do dono do restaurante dando em cima do nosso queridinho cowboy. Morri de rir!

O plano 'maléfico' de Lemon da vez era se tornar amiga de Zoe com medo de ser dedurada. As cenas do jantar foram bem 'oi?' e acho que poderiam ter gastado mais tempo focando em outros plots que com certeza, acrescentariam muito mais para a trama. Ainda bem que Zoe sacou tudo e mais uma vez, saiu por cima na situação e se mostrou muito mais madura do que a noiva de George.

O que tem me irritado um pouco é essa abstinência de cenas entre Zoe e Wade. Apesar de toda a fofura de George, meu coração ainda torce pra dar Zade, mas parece que os  roteiristas estão mesmo tentando aproximar o advogado e a médica. Agora que finalmente, George viu com os próprios olhos Lemon e o prefeito se beijando, talvez a história dê uma mudada nos rumos e fique um pouco mais movimentada. Vamos ver o que acontece.

O próximo episódio parece trazer muita diversão depois dessa rodada de drama. Bachelorettes & Bullets vai mostrar a despedida de solteira de Lemon (o que dá a entender que George não vai terminar o romance num primeiro momento).

E vamos ver o que esse episódio nos reserva, vejo vocês na semana que vem.
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment