The Voice 2x16/2x17 - Life Performances, Week 4 / Life Results


E chegou a semana em que Adam e Cee Lo mostrarem seus talentos mais uma vez. Cee Lo, super original como sempre, colocou seu time em outro patamar. É notável o empenho dele para fazer com que seu time evolua semana após semana. Adam deu uma melhorada essa semana, dando uma ótima canção para Katrina cantar e fez uma grande versão de um clássico pop para Tony se redimir. Ainda tivemos Cee Lo  apresentando seu novo ótimo single com sua boca iluminada. E é claro, Team Adam e Team Cee Lo performaram com seus mentores. Confira nossos comentários.

Jamar Rogers – It’s My Life, Bon Jovi
Armando: Abriu o programa muito bem! Eu adoro o jeito dele, da forma espontânea como se apresenta e o principal, amo a forma como ele faz como se cada apresentação fosse sua última. Eu respeito muito ele como artista. 
Rebeca: Adoro a presença de palco que ele tem, contagia e empolga a gente. Gostei da escolha da música e achei que ele foi muito bem, incluindo as modificações quanto a versão do Bon Jovi. Eu sei que a história de vida é dele é um exemplo e tal mas tão começando a forçar muito para esse lado e apesar de achar ele um ótimo candidato a vencedor preferia que isso acontecesse como merecimento e não por "compaixão".
Edu: Como disse desde o começo minha torcida é pra esse cara. Com o Jesse fora da competição, ficarei muito feliz se ele levar essa. A escolha da música mais uma vez foi perfeita, ele passou muita emoção cantando embora eu prefira a versão original às modificações que ele fez. Mesmo assim, é o melhor do Team Cee Lo e merece sem sombra de dúvida uma vaga na final. Novamente vale destacar a produção impecável do Cee Lo.

Katrina Parker – Jar of Hearts, Cristina Perri
Armando: Quando a vi de relance com esse cabelo pensei que Adele tava cantando no palco de The Voice. Mas me enganei, era a Katrina fazendo a melhor apresentação dela até aqui. Gostei da forma como ela modificou um pouco a música para deixar mais com a cara dela. Depois dessa apresentação até que torço um pouco para ela.
Rebeca: Realmente, o programa nem disfarça mais o quanto querem fazer dela a "nova Adele". Eu sempre tive simpatia por ela e achei que mandou muito bem, foi uma apresentação emocionante e a melhor dela até aqui. Merece passar.
Edu: Sou capaz de falar que ela é a melhor do Team Adam depois da Mathai. A música combinou com ela, e ela estava linda no palco. Para mim foi a segunda melhor apresentação da noite dentre todas.

Mathai – I’m Like a Bird, Nelly Furtado
Armando: Ficou parecendo que Adam disse: "Ou tu faz essa ou te mando embora". Achei super forçada a apresentação dela, não teve conexão nenhuma com a música e eu queria pular logo o próximo. Eu adoro a Mathai, mas as escolhas de música estão a estragando.
Rebeca: Não achei tão ruim assim mas com certeza não foi a melhor apresentação dela. Fiquei o tempo todo com o sentimento de que ela estava muito desconfortável inclusive com a movimentação no palco. Gosto bastante dela mas corre o risco de sair porque o Adam fez merda mais uma vez na escolha da música.
Edu: Desastre. Essa é a palavra que definiu essa apresentação da Mathai. Eu não critico o Adam totalmente. Adoro essa música, e eu também pensava que a voz da Mathai combinaria, mas foi um fracasso total. O pior é que ficou parecendo que a culpa foi do Adam por que a Mathai realmente não queria a música. Não acho que a culpa foi 100% dele. Ela poderia ter se esforçado mais e ter feito melhor, por exemplo nas partes que ela tentava alcançar notas altas ficaram ridículas.

James Massone – Just The Way You Are, Billy Joel
Armando: Dormi enquanto assistia essa performance. Cadê o James que canta R&B? Eu não me importo nem um pouco se ele pega 1 ou 10, eu quero ver ele cantando bem no palco. Mais fraco do time do Cee Lo, sem dúvidas.
Rebeca: Nooossa, essa música sério mesmo? Eu gosto da voz dele mas essa música não me desceu, nem  esse lance de serenata e nem essa coisa de "matador de mulheres". Mais do mesmo e realmente é o mais fraco do time, hora de ir para casa.
Edu: Como eu disse antes esse cara é pura simpatia. A música ficou muito boa na voz dele, mas esse é o máximo que ele pode conseguir. Infelizmente, ele é limitado musicalmente e chegar nas Live Performances era o bastante para ele. O resto é lucro.  

Tony Lucca – Hit Me Baby One More Time, Britney Spears
Armando: Mordi a língua com esse. Eu simplesmente adorei a forma como ele transformou uma música pop, totalmente mainstream, em algo que é totalmente dele. Acho que agora ele saiu daquela coisa de apenas mais um competidor do The Voice. Ele pode ter um grande futuro, mas Adam tem que cuidar com a próxima escolha.
Rebeca: Eu achei a escolha da música muita apelação, só para arrecadar mais fãs para ele. Continuo não vendo nada demais na voz ou na forma como ele se apresenta mas tenho que ceder e dizer que ficou muita boa a versão, totalmente diferente e de um jeito melhor que a original.
Edu: Foi um tapa na cara da Christina essa apresentação hein?! O Adam mandou muito na escolha da música, e o Tony interpretou muito bem. Por mim ele passaria para a próxima fase só por isso, por que de resto continuo achando ele fraco. Espero outra música boa como essa vindo dele caso ele continue no programa.

Cheesa – I Have Nothing, Whitney Houston
Armando: Nossa Senhora! Até agora eu não apostava nada nela, para mim era somente mais uma competidora que tava sem rumo. Ela arrasou! Ela tem uma energia muito cativante dentro dela e eu torço para que ela consiga passar das eliminações (coisa que acho difícil).
Rebeca: Não torço por ela mas como foi boa essa apresentação. Ela cantou super bem e com uma força incrível, se ela tivesse se mostrado assim antes talvez até ganhasse mais minha simpatia. 
Edu: Eu não sou fã da Cheesa desde as Battle Rounds, onde achei que a vitória dela foi forçada. Mas essa música da Whitney Houston ela foi muito bem. Ela tem uma voz poderosa, mas mesmo assim acho que não concorre com Juliet e Jamar. Ter chegado até aqui já foi muito pra ela. Se for embora, já vai tarde.

Pip – Somewhere Only We Know, Keane
Armando: Ai, PImPosa, se joga de uma ponte vai! Assim pelo menos tu para de estragar músicas boas.
Rebeca: Se joga mesmo meu filho porque a situação tá tensa. Quem colocou na cabeça desse menino que essa era uma música que ele saberia cantar? Senti o Adam tão revoltado pelo povo americano ter salvo ele que nem se importou em criticar a música e ainda "ameaçou" durante os ensaios. Já vai tarde e estou traumatizada até agora com aquele final, quando ele conseguiu estragar o que já estava ruim o suficiente.
Edu: (pausa pra rir do comentário do Armando: hahahahahahhahaha). Ok, agora sim. Pela primeira vez o Pip mostrou que é mais do que uma criança que só usa gravata borboleta. Achei a apresentação dele a menos pior das que ele fez até agora, mas acho que já era tarde para ele mostrar alguma coisa. É outro que tem que agradecer aos fãs por ter chegado onde chegou. 

Juliet Simms – Crying, Aerosmith
Armando: Juliet, sem sombra de dúvidas você já está na final. Fico sem saber o que falar de tão bom que foi. Cee Lo, ótimo trabalho.
Rebeca: F.O.D.A. Sabe as palmas lentas que o Cee Lo bateu para a Cheesa? Eu bato para a Juliet, ela conseguiu ser perfeita e incrível mais uma fez. Que voz, que performance (amei o anjo negro) e que excelente escolha de música. É minha favorita e eu torço muito para que ela seja a vencedora.
Edu: Só eu que detesto ela? Por favor, se você detesta a Juliet não me deixe no vácuo e poste nos comentários. Acho ela mais do mesmo em todas as apresentações. E para vocês não acharem que eu to pegando no pé dela, pela música do Aerosmith (e só pela música) eu dobro minha torcida por ela. Agora eu sou 2% Juliet e 98% Jamar.

Resultados


Salvo pela américa, Jamar garantiu um lugar na semi-final. Então Cheesa cantou Already Gone da Kelly Clarkson e pediu para ser mandada embora, a afinação dela não foi perfeita. Já Juliet Sims cantou Torn da Natalie Imbruglia, porém a apresentação ficou a desejar, ela não mandou tão bem quanto nas últimas performances dela.

Eliminados pelo Cee Lo: James Massone, depois da apresentação chata de "Just The Way You Are", e depois da performance um tanto quanto pobre, Cheesa foi mandada embora.


Tony Lucca foi salvo pela américa, assim como era de se esperar. Mathai quis mostrar seu lado "sertanejo" cantando Cowboy Casanova da Carrie Underwood e não foi ruim, foi Mathai. Digo isso, pois depois da blind audition dela, ela não mostrou nada melhor. Katrina Parker cantou Perfect da P!nk e mostrou porque ela é a melhor cantora no time do Adam, porém o nervosismo dela fez com que perdesse várias notas.

Elimnados pelo Adam: Pip, finalmente pegou sua gravatinha borboleta e deu o fora, e quem o acompanhou foi Mathai, depois de apresentações que não foram melhores que sua blind audition.
Share on Google Plus

About Armando Wunsch

Formando em Comércio Internacional, se apaixonou por séries depois de assistir o piloto de Ugly Betty na Sony. Desde então seu entusiasmo por seriados só aumentou. Fã convicto de Grey’s Anatomy, Modern Family e The Good Wife, acompanha mais de 20 seriados semanalmente (na Fall Season). Já deixou muitas vezes de estudar e trabalhar para assistir seriados. Apaixonado por música, chocolate, Big Mac e coca-cola, sonha em ganhar na mega-sena para não precisar mais trabalhar. (@_wunsch)
    Blogger Comment
    Facebook Comment