Game of Thrones 2x07 - A Man Without Honor

Mais imprevisível a cada episódio...




Mais um episódio sensacional de Game of Thrones marcou a noite desse domingo. Após o episódio da semana passada onde todos ficamos boquiabertos com tantos acontecimentos que nos pegaram de surpresa (ao menos para os que já leram até o segundo livro), era de se esperar que a sequência fosse também emocionante. 

Ao perceber que Bran, Rickon, Osha e Hodor conseguiram escapar, Theon saí desesperado em busca dos dois, pois essa era a sua garantia de que sua irmã o ajudaria a manter Winterfell. A busca se torna desesperadora pois o rastro dos garotos é simplesmente perdido, até que... Eu vou deixar pra comentar essa história no final, pois essa foi sem dúvida a parte do episódio mais chocante.


Enquanto isso, do outro lado da muralha, Jon Snow continua seu caminho com sua prisioneira Ygritte tentando sem sucesso encontrar o restante dos seus companheiros. Eu definitivamente estava certo quando disse que tinham acertado quando contrataram essa atriz. As cenas dela com o Jon foram sensacionais, ela deu a química certa que faltava para aquele núcleo e além disso o rumo da história foi totalmente inesperado. Agora é esperar para ver o que acontecerá com ele, já que ela conseguiu inverter os papéis e torná-lo seu prisioneiro.

E por falar em prisioneiro, quem continua dando trabalho é Jaime Lannister. Mesmo prisioneiro ainda conseguiu aprontar, tramando uma fuga e dividindo a tropa de Robb. Catelyn ainda conseguiu apagar o fogo, mas suas conversa com Jaime não foi nada agradável e ela terminou com uma espada na mão em frente a ele. Resta saber se ela teve coragem suficiente para matá-lo e praticamente decretar a morte de Sansa e Arya (já que ela imagina que Arya esteja em  Porto Real).


Uma coisa que pude notar é que a história está rendendo mais, a cenas de cada personagem são quase sempre decisivas para a história, e portanto cada minuto é um minuto de apreensão. A história de Arya por exemplo se resumiu em uma cena entre ela e Tywin. Essa cena nos mostrou que o homem que está batalhando com seu irmão Robb e carrega o fardo de ser um dos grandes vilões da história não é tão vilão assim. Percebemos também que ele está começando a gostar dela e isso pode significar uma abertura para que ela possa tentar alguma coisa contra ele.



E do outro lado do Mar Estreito, Daenerys segue na sua luta contra Murphy. É incrível como tudo dá errado na vida dessa mulher. Sem dragões, sem navio, e agora sem ninguém para protegê-la em Qarth, tudo que restou a ela foi a companhia de Sir Jorah Mormont, e a possibilidade de visitar a Casa dos Imortais. Estou realmente muito curioso para saber se ela conseguirá dar a volta por cima. Em  Porto Real, o acontecimento da vez foi a chegada da primeira menstruação de Sansa, pondo fim a única barreira que impedia seu casamento com Joffrey. Na única cena que tivemos com o anão, e eu acho que esse foi o único ponto baixo de episódio, vimos uma discussão entre ele e Cersei sobre o futuro do reino e a personalidade de Joffrey. Ao se aproximar dela, a cara de piedade que ele faz é impagável, quase me deixou com dó dela também.



Voltemos agora a Winterfell, onde no fim da caçada, Theon encontra algumas nozes indicando o rastro perdido dos garotos, e até que este surge em Winterfell com dois corpos carbonizados sendo estes supostamente Bran e Rickon, chocando a todos. Os corpos estão completamente desfigurados, mas o simples fato de mostrá-los mortos já causará bastante impacto na população, e em Robb, assim que este ficar sabendo.

A três episódios do final, a série vai chegando nos seus momentos mais importantes, a captura de Jon Snow, a reação de Robb ao saber que os Starks em Winterfell foram mortos por Theon, a busca de Daenerys pelos dragões, tudo isso será tratado nos próximos episódios. Temos ainda o ápice da temporada que deverá ser a marcha do Rei Stannis sobre Porto Real. Já que está dando certo o que estou falando, estarei torcendo para que sigam a minha ideia e façam Joffrey perder a vida ou pelo menos um braço nessa batalha.
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment