Grey's Anatomy 8x23 - Migration


Preparando o terreno pra a tragédia.


Como eu disse na semana passada, Grey’s Anatomy anda fechando ciclos. A história parecia estar se ajeitando para uma conclusão definitiva nas vidas de alguns personagens. E o grande foco era nos residentes do quinto ano.

Tinha uma pequena e rêmora dúvida de que April não tivesse passado nos testes, mas isso realmente aconteceu e a reação dela foi muito compreensível. Primeiro foi estado de negação, bebendo e dançando e não dando a mínima pra cada ligação de rejeição dos hospitais. Aliás, falando de beber e dançar, a festa na casa de Meredith trouxe um sentimento meio nostálgico sobre aqueles bons tempos em que eles eram apenas residentes. Mas demissão de April do Seattle Grace me pegou de surpresa. Fiquei com muito dó da personagem e aquele rompante dela no final do episódio me preocupou um pouco.  

Esse episódio teve vários momentos decisivos para os personagens. Meredith e Cristina ainda tinham dúvidas sobre seus novos rumos, mas essas indecisões foram cessadas ao final do episódio. O que impedia Meredith de tomar a decisão de deixar Seattle ou não era talvez a indecisão de Cristina. A ligação entre as duas é muito forte pra ser quebrada assim, mesmo sendo em relação a suas carreiras profissionais. Boston e Mayo pareceram ser boas opções.

Ainda tivemos a famosa casa dos sonhos que finalmente está pronta. Senti um certo sarcasmo quando Derek fala que Mark irá comprar a casa, afinal os sonhos deles sempre foram os do Derek.

Gostei de ver Richard incentivando Karev com a oportunidade de um ótimo programa de cirurgias. Agora o problema mesmo seria Arizona que contava com Karev com ela na pediatria.  Mas o surto que ela deu ao descobrir os planos de Alex acabou sendo um acúmulo de stress depois de descobrir que o caso do melhor amigo de seu irmão não tinha jeito.  

O que eu não me importei muito foi com a vida amorosa de Bailey. Achei até legal Ben querer pedi - la em casamento. Mas no final quem acabou se dando mal foi ela, já que ele também decidiu ir embora de Seattle. Provavelmente haverá separação ali, mas isso realmente não importa.

O que na realidade me deixou apreensivo foi a ultima sequência, quer dizer, apreensivo é pouco pra descrever o que eu senti quando vi grande parte do corpo de cirurgiões do Seattle Grace naquele avião. Já havia lido alguns spoilers sobre o tal acidente e mesmo assim senti aquele nervosismo. No avião estavam personagens de suma importância para a série. E esperar o que pode acontecer depois desse acidente até semana que vem será uma tortura. Com certeza será um dos episódios mais dramáticos de Grey’s Anatomy.

PS: Cristina fazendo imitação de April foi ótimo.

PS²: Promo do chocante Season Finale. Assista abaixo:


Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment