American Horror Story 2x02 - Tricks and Treats



Finalmente, é exibido o segundo episódio de American Horror Story! Eu estava muito ansioso por saber a continuação da história do asilo e do casal nos tempos atuais, e curioso para saber o que mais poderia sair da mente perturbada do titio Ryan. Em outro episódio sensacional, os produtores e escritores mostraram que não estão nem aí pra censura, mostrando cenas fortíssimas e de tirar o fôlego, e que me deixaram apreensivo e realmente com medo do que estava ocorrendo. Cada vez mais, a série se firma como a melhor de terror da atualidade!

Vamos aos dois pontos principais do episódio. Primeiro, o aparecimento de Bloody Face. Nosso querido Adam Levine e a namorada de Lana não tiveram sorte, e se tornaram vítimas desse assassino frio e cruel. Porém, isso significa algo bem interessante: Kit foi preso sem motivos, e o serial killer preconceituoso ainda está a solta por aí. E depois de 50 anos, ainda vive. Quem será o misterioso ser que se esconde por trás da máscara? Será que aquele que existe nos tempos atuais é um fantasma, o antigo assassino que ainda vive, ou outra pessoa? Mistérios e questões que titia Murphy deixam por aí, para que futuramente isso seja respondido. Mas o Dr. Arden me parece um grande suspeito, pelas fotos que foram encontradas escondidas por Cynthia.

Agora, a parte central do episódio, e uma das melhores sequências que eu já vi em uma série, foi o exorcismo. O ator que fez o exorcizado estava ótimo no papel, e conseguiu passar a expressão e a agressividade que era necessária, não deixando nada a dever à Regan, do clássico "O Exorcista". Conhecer o passado da irmã Jude através dele então, e vê-la em uma situação crítica, foi melhor ainda! Os efeitos da série, como o padre sendo jogado na parede, e a maquiagem são dignos de Hollywood. Porém, sinto que esse demôniozinho ainda vai causar muita confusão pelo asilo. Pelo que parece, ele se apossou do corpo da irmã Eunice, e só está esperando o momento certo para atacar.

Um ponto negativo: não consigo gostar da personagem principal. Ela me parece apática, sem graça e a atriz está totalmente desconfortável no papel. Lana deveria ser a principal antagonista da irmã Jude, mas no momento, eu continuo torcendo para a vilã, que é interpretada pela maravilhosa Jessica Lange. Espero que isso melhore nos próximos episódios, principalmente se nessa temporada, o "bem" vencer o "mal". Outro ponto negativo foi a falta de um final que nos deixasse curiosos e esperando o episódio da semana que vem. Mas mesmo assim, eu mal posso esperar e estou contando os dias para quarta-feira!

Com outro episódio ótimo, a série tem tudo para ter uma ótima temporada. Espero que a tensão e as cenas fortes continuem sempre e não sejam cortadas pela crítica e pela censura, porque esse é um dos motivos pelo qual a série é tão especial, e se encaixa tão bem no estilo "terror". E a audiência é a maior das noites de quarta feira na TV a cabo! Agora deixo perguntas para a semana que vem: Quem é bloody face? Que outros segredos esconde irmã Jude? Será que os loucos terão outra chance de escapar? Quem são as criaturas da área externa? Será que a irmã Eunice está possuída? Essas e outras respostas, só no próximo episódio de American Horror Story.
Share on Google Plus

About Bruno

Apaixonado por séries e por tudo que é novo e diferente, infelizmente não tem mais tempo para ser um seriemaníaco, desde que vendeu a alma para a faculdade. Faz faculdade de Biologia, e tenta ao máximo conciliar o curso com suas séries e, principalmente, seus realities. Começou com Harper's Island por recomendação de um amigo, e desde então não parou. Tenta manter pelo menos uma série/reality por temporada, mas nem sempre é possível, já que seu interesse por ficção e séries diferentes nem sempre é preenchido. Além disso, gosta de ir ao cinema pelo menos uma vez por semana, e assiste alguns animes quando consegue acompanhar. (@bkaozzz)
    Blogger Comment
    Facebook Comment