Chicago Fire 1x02 - Mon Amour

Depois de um piloto que serviu pra apresentar os dramas que vão ocorrer durante a temporada e os personagens, Chicago Fire voltou mostrando ao que veio.

No segundo episódio, os bombeiros ainda estão lidando com a morte de um de seus companheiros, e pra piorar pro Severide, a esposa do cara que morreu no piloto o culpa (não só pela morte do marido, mas pelo simples fato que o cara quis ser bombeiro #cruelbitch).

Durante um desabamento, nós conseguimos ver um lado mais fofo do Severide, que sempre passa a linha de ser durão. Em um canteiro de obras, um senhor fica preso e sem chance nenhuma de sobrevivência, e Severide que foi pra tentar retirá-lo, acaba fazendo companhia ao homem enquanto ele morre. Foi interessante ver como isso o afetou, especialmente quando vemos que ele fica o tempo todo tentando dar um recado pra esposa do senhor, que ele gravou no celular pra ela assistir. Sem contar que mostra claramente que o rapaz é viciado em alguma coisa pra dor que ele sente no ombro, e que sua roomate, a paramédica Shay (super pegadora, por sinal), faz o grande favor de arrumar pra ele.

No geral, o episódio não teve muitas emoções. O recruta ainda sofre alguns trotes de seus companheiros, a outra paramédica, Gabriela é completamente apaixonada pelo Dr. Chase Casey e ele nem pam pra ela.

Chicago ainda está tentando encontrar um caminho pra seguir, parece. Acontece muita coisa ao mesmo tempo, mas acho que isso se deve ao fato de que eles seguem os bombeiros e as paramédicas. O futuro da série ainda continua incerto, já que a audiência caiu do primeiro pro segundo episódio e a NBC não costuma ser muito paciente não. Mas vamos esperar pra ver, já que eu acho que o potencial é enorme se a equipe de roteiristas não começarem a fantasiar demais pra tentar aumentar a audiência.
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment