Gossip Girl 6x01 - Gone Maybe Gone (Season Premiere)


“I have a feeling this fall could be my last season… the best is yet to come.”  


Com essas palavras, Gossip Girl inicia sua última temporada e nos leva de volta ao cassino em Monte Carlo, acabando com todas as dúvidas sobre o casal que sustentou a série durante as últimas temporadas: CHAIR IS BACK, BITCHES! Com direito a uma cena de sexo que coloca o piano do 4x07 no chinelo! Ainda continuando os eventos da temporada anterior, vemos que Dan e Georgina estão na Itália trabalhando no novo e bombástico livro do Humphrey, "real names… no holding back” (orientações da Sparks!) o que promete expor nossos moradores preferidos do UES. E Serena completamente largada nos assentos de um trem, saindo de NY sem dignidade, sobriedade ou destino.

4 meses se passam e, com o fim do verão, os eventos colidem para o Upper East Side novamente. Serena está desaparecida e ninguém tem notícias dela desde o fim de maio. Lily alerta Nate que, numa manobra desesperada, usa o único trunfo que possuía sobre a identidade da Gossip Girl para barganhar uma pista acerca o paradeiro da Free Spirit.  Com todos de volta a Manhattan, a série dá início a uma sequência cômica nessa busca por respostas. Destaque especial para Georgina e Dan - quanta química!


Enquanto todos esperam (ou anseiam) pelo pior e Blair faz citações a ‘Country Strong’ devido à localização peculiar de S, somos levados a uma Serena saudável e feliz. Ok, não tão saudável, uma vez que ela está utilizando o nome de Sabrina. E sim, Sabrina tem namorado, um empresário do ramo farmacêutico chamado Steven (que mais parece um novo brinquedinho manipulado pelas ventríloquas Van Der Woodsen) e não, ela não quer ser salva, apenas pensa em recomeçar longe de tudo e todos.

Nessa estreia, fomos também apresentados ao RP da Waldorf Designer - o francês Jean Pierre; Sage – uma universitária que vem conhecer o trabalho do Nate no The Spectator, além de inflar seu ego repetindo diversas vezes quão duro ele tem trabalhado por conta própria, convidando-o pra sair e já dando pinceladas de um novo romance; e Amira – a mulher misteriosa de Dubai e nova aliada do Chuck no que diz respeito a derrubar Bart do poder. Espero mesmo que ela saiba falar ‘psicopatês’ e seja confiável, porque o suborno no valor de 10 milhões de dólares que o ‘wrong Bass’ entregou a fim de ela deixar Chuck e voltar para casa foi um cala boca de respeito! Eu não acredito que Amira seja apenas uma tradutora, tem podre grande enterrado! Go get your shovel!

Fãs de Dair: vocês tiveram seu momento! Entendo Dan não ter atendido as ligações da Blair, ficar revoltado por ela ‘não estar e, ao mesmo tempo, estar com Chuck’, mas não entendo o jeito que ele usa as palavras pra feri-la por suas escolhas. Ele plantou a sementinha da desconfiança ao afirmar que ela está agarrando-se a uma ‘desculpa’, uma ‘possibilidade’ de um amor épico. Ele diz que estava incondicionalmente pra ela, mas não percebe que ela está incondicionalmente ligada ao Bass. Poor, lonely boy, cada dia mais lonely...

Agora, um minuto de silêncio, por favor. O que foi a cena da limo? MOTHER CHUCKER!!! Já não bastava toda a nostalgia no ar, Chuck precisava mesmo proferir aquelas palavras? "When we’re together, you’re all I think about. It’s the boy that blames the girl, not the man. And that’s what I want to be with you.” Ele não é mais aquele garoto que usava um cachecol como assinatura, ele amadureceu, ela tornou-o um homem de verdade ao insistir nesse amor... O pacto feito para que fossem consertadas todas as pendências no quesito família-trabalho-poder só explicita quão concisa está essa relação. Aplaudi de pé.  Limo.Chair.Anel.Adeus mundo.

Um parágrafo especial para Ivy Dickens! Quanto mais ela ganha espaço, mais eu gosto dela! Sambando na cara da Lily de todas as maneiras possíveis, até mesmo ao alfinetar rugas de expressão. Já estou ansiosa por mais evil plan das Lolas! E, Rufus, tão manipulável que dá sono! Mais uma planta na série, Nate, a concorrência tá forte sobre quem tem menos plots, viu? Abre o olho!

Uma cena desnecessária: POR QUE INSISTEM NA NÃO-AMIZADE S&B? Eu esperava mais do discurso da Blair ao pedir perdão à Serena, mas gente, declarar guerra e dizer que Manhattan é exclusivamente dela foi sacanagem! Quando vocês vão amadurecer, meninas? JOSH, FIX IT! Meu coração doeu porque a Gossip nunca teve tanta razão: “Poor B, looks like she just got dumped by the love of her life. And we're not talking about Chuck or Dan.” E, pra completar, S está de volta, cansada de ser Sabrina por 4 longos meses e disposta a ‘ser feliz’. Felicidade esta que não engloba nenhum dos ‘amigos’ citados acima. É esperar pra ver o que acontecerá...

Petiscos especiais:

- Georgina chamando a sex tape Derena de "50 Shades of Boring."
- Blair citando as gêmeas Olsen.
- Os tapas no Dan!
- Lola na... NBC?! Really, CW?
- “I’m all in.” / “My Bets on us.”
- “I know you’re really worried about Serena but you should relax your face your getting some really pronounced frown lines” Go Ivy, Go!
- A.CENA.FINAL: o que será que passou na cabeça do Dan ao ver o pai e a eterna ‘call me Serenaaninhados no mesmo cobertor? OMFG!

Stay tuned!
xX

V.
Share on Google Plus

About Vanessa Reis

Hey 23, call me! (@neereis)
    Blogger Comment
    Facebook Comment