NCIS Los Angeles 4x03 - The Fifth Man

Esse NCIS foi definitivamente o episódio mais fofo de todos. Primeiro, como vemos na foto ao lado, teve a participação das mamães dos atores; segundo, descobrimos um pouco mais sobre o passado da Kensi e sem contar que pela primeira vez, vemos a Kensi se apegar a alguém que não seja o Deeks.

A Inteligência da Marinha mais uma vez prova que o "Inteligência" é apenas uma metáfora e cria um programa que supostamente é pra prevenir ataques terroristas via redes sociais (sim, porque você pode fazer um estrago imenso pelo twitter, né?). O programa na verdade é um jogo, aonde 5 jogadores vão passando por várias etapas - agora, como isso previne um ataque terrorista, eu não sei, não entendi e eles nem explicaram direito. Mas a gente vê que a coisa é séria quando 4 dos 5 jogadores são reunidos num restaurante e explodidos - literalmente e não na vida virtual. E o jogo começa pros agentes acharem o quinto cara, que ou corre risco de morrer ou é o assassino. Sendo que claro, eles não são os únicos atrás dele.

O que resulta num cara morto dentro do apartamento do quinto elemento e numa menina que não sabemos se é hipster ou emo (alguém pode me dizer a diferença? porque assim como a Kensi, eu também não sei) correndo da cena do crime cheia de sangue. Mesmo com um cara morto na casa do homem, o homem anda bem vivo e jogando poker, numa maratona de 18 horas seguidas de poker e a menina que fugiu da cena do crime? A filha dele, com Asperger (pra quem não sabe, asperger é um tipo de autismo) de 18 anos fugindo pelo mundo.

Pra quem não sabe como o autismo funciona é o seguinte, muitos autistas não conseguem se conectar com outra pessoa emocionalmente, é bem raro disso acontecer. E o raro acontece nesse episódio, a menina se conecta com a Kensi de um jeito que ninguém, nem mesmo o próprio Deeks imaginava. Descobrimos também pela Hetty que, quando a Kensi perdeu o pai aos 15 anos, ela viveu por um ano nas ruas e por isso ela se simpatiza com a situação da menina. O que nos leva a outra descoberta: o quinto elemento não é o besta que ficou um dia e meio jogando poker deixando a filha autista sozinha em casa, mas sim a menina que tem um QI muito maior que o seu e o meu juntos.

Depois da Nell ter examinado o tal jogo da Marinha, a descoberta é: o jogo não funciona, portanto o projeto é todo fake. Como que vão usar um programa pra proteger de ataques sem ele funcionar. E ainda mais, descobrem que o quinto jogador é a menina, não a viciado em jogos. Com tudo resolvido, menina a salvo e assassino preso (o cara que desenvolveu o jogo) vemos uma das coisas mais fofas de NCIS: Kensi Blye conversando com uma menina autista. Ou melhor, Kensi Blye conversando com uma menina.


Devo admitir, me deixou confusa essa interação. O pai da menina ao ser preso (já que ele tinha tipo, 5 mandatos de prisão) pediu pra cuidarem da filha dele, já que a mãe faleceu há um ano. E a cena final é a Kensi e a menina jogando poker e conversando como velhas amigas. Com a informação que a Hetty deu, sobre ela ter vivido nas ruas após o falecimento do pai, pareceu que realmente teve uma conexão entre elas e um senso de proteção da parte da Kensi. Agora ficou a dúvida no ar, será que vamos ver mais da menina por aí ou os roteiristas vão ser sangue-frio e deixar a garota jogada ao vento? Espero que ela faça parte da vida da Kensi daqui pra frente.
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment