Once Upon a Time 2x02- We Are Both


Tal mãe, tal filha. (ou não)

Em um episódio que não deixou a desejar por um instante sequer, OUAT nos mostrou novamente o motivo de ter calado aqueles que a subestimaram  antes mesmo de começar. Afinal, em mundos paralelos, com ou sem magia, a série consegue transmitir a quantia certa de realidade. E foi esse um dos pontos mais favoráveis em We Are Both.

O foco do episódio foi diretamente para Regina e sua relação com a mãe, a "adorável" Cora. Uma abordagem um tanto interessante, já que, sua mãe lembra muito a Regina atual.  Gostei bastante, em como conseguiram nos passar a história entre as duas, e a que lugar, a junção de sentimentos desagradáveis podem nos levar. Pois, foram as maldades da mãe que deram forma a perversidade de Regina, sendo que, era justamente o que mais temia, quando jovem. 

O mais tocante em todo o episódio, foi perceber que ainda restam chances para nossa Rainha Evil, pois abdicou o poder sobre Henry, em nome de seu amor por ele. Afinal, seu filho acabou lembrando-a quando seu coração ainda era puro, e assim, percebeu que prender alguém não é alguma fórmula para um sentimento recíproco.

Já é de algum tempo que venho me simpatizando com Ruby, mas ver sua interação com Charming, e sua preocupação perante ao bem estar de todos, é quase que impossível não gostar dessa personagem incrível. Pois, foi Chapéuzinho que deu uma sacudida em David, para que tomasse logo uma frente, antes que todos fossem além dos limites de Storybrooke. 

Fiquei bastante contente ao ver Jefferson novamente, o que acabou sendo uma incógnita para mim, já que, ele poderia ter sido um pouco mais empático em relação a Charming e sua missão resgate. Creio, que logo veremos o motivo disso.

                       

Além de tudo, senti uma certa evolução em David, se alguém ainda tinha dúvidas do líder que ele poderia ser, este episódio foi uma demonstração. Aprovei tanto seu acordo com Rumple, como também seu discurso. Ambos, mostraram sua determinação e fez jus ao Charming.

Me senti um tanto decepcionada, ao me deparar com August em madeira. Não digo, decepcionada com o seriado, mas sim com minha própria expectativa. Alias, a expressão de Gepeto foi quase a mesma que a minha.

Obs: Aplausos para OUAT, que sabe causar o devido suspense. Sabe que uma das fontes de curiosidade está na jornada de Snow/Emma. 
- Pará tudo, é impressão minha ou Rumple está cogitando em passar a barreira? E afinal, que idade ele tem? Outro suspense para nós fãs.
- Momento de overdose na cena entre Henry e David tomando coca juntos.
- Fiquei o episódio inteiro imaginando onde Cora teria ido parar, e somente no final pude compreender a ligação que pretendiam fazer. Portanto, melhor Regina se preparar, sabe lá o que poderá acontecer daqui em diante, e se sua mãe retornará para sua vida.

Share on Google Plus

About Caroline Lustoza Boos

Cinéfila assumida. Apesar de colecionar séries, One Tree Hill ocupa maior parte do seu coração. Apaixonada por todos os filme de Alfred Hitchcock. Consumista por séries, filmes,livros, bonecos e afins. Sonha em rodar o mundo. É mãe de 3 gatos, porém, se pudesse teria muito mais. É reservada, mas quando faz uma amizade de verdade, leva para a vida inteira. (instagram/snapchat: @cahlboos)
    Blogger Comment
    Facebook Comment