Supernatural 8x03 - Heartache


E voltaram os casos semanais.
Não me entendam mal, mas Supernatural é melhor quando foca numa trama maior, como por exemplo Lúcifer, Leviatãs e Crowley, a série fica melhor. Se é para colocar um casinho a parte que seja pelo menos interessante e bom, não mediano. Porque foi isso que eu senti ao assistir a este episódio bem fraquinho.

Sem Crowley, Castiel e/ou Lúcifer, quem voltou a roubar as cenas foi Dean. Realmente ele usando a tecnologia do celular, provavelmente com algum aplicativo, para decifrar qual língua o malucão estava falando foi super engraçado. E seus comentários ácidos também. Tudo bem que faltou mais piadinhas dele, mas nós o perdoamos diante dos traumas que vem passando ultimamente.

Infelizmente pensei que iria ver mais um pouco sobre a vida normal de Sam quando Dean estava no purgatório, procurando Castiel e sendo o bff de um demônio (ou vampiro). Aquela última cena dele dizendo que quando tudo acabar quer voltar a ter uma vida normal só não cortou meu coração porque descobri que ele nunca soube o que era um bolo de aniversário. Se duvidar, nem sabe o que é bolo. O que acham de iniciarmos uma campanha e fazermos bolos para o Sam?

Mas voltando ao episódio, achei fraquinho em todos os sentidos. Quem não imaginou que Dean iria correr perigo? Ou que seria ele quem mataria a mulherzinha? Mais clichê que isso, só mesmo o Dean não sabendo quem era aquele professor. E daí, eu também nem lembrava dele mesmo. Espero que no próximo episódio as coisas mudem e que vejamos Supernatural de antigamente. 
Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment