The Big Bang Theory 6x03 - The Higgs Boson Observation

Deem boas vindas a Alex Jenson (Margo Harshman), a nova assistente do Sheldon! Ou, nas palavras do Leonard: “Congratulations... and may God have mercy on your soul.” 

Que delícia de episódio! Conseguiu dividir os holofotes entre todos os protagonistas e me fazer rir do início ao fim. Começando por Howard que ainda não voltou pra casa e parece ter que esperar mais 7 a 10 dias pra que isso aconteça. Ele está, literalmente, surtando! Tiques nervosos, cara de alucinado, olhar perdido, até em códigos ele tem falado e isso está preocupando a Bernie. A coisa tá tão difícil pra ele que até da gravidade ele tem sentido falta!! Howie chegou a um ponto tão forte de insanidade que os astronautas precisaram dopá-lo, a NASA deve ter avistado duas luas ontem... 

Voltando à Terra, nosso querido Shelby está abalado pelo ganhador do Nobel ter conquistado o prêmio devido a um estudo de 50 anos atrás. O que ele decide fazer? Investigar todas as anotações feitas a fim de encontrar o seu passaporte para o Nobel. São coisas tão complexas, exceto os diagramas do cocô, que Penny, ao se deparar com um estudo do Dr. Cooper no auge dos 5 anos, indaga: “I'm just a blonde monkey to you, aren't?”. E, por isso, acredito que Alex, a assistente graduada em Stanford, deva aparecer mais vezes; mas também para nos dar uma esperança de que Raj – nosso eterno carente apaixonado - tem um futuro com alguém que não seja Stuart. Obrigada, Chuck Lorre!

Depois das mãos dadas no cinema do episódio passado, Amy resolve apimentar as coisas e investir na maquiagem. Ao ligar pro namorado, eis que Alex atende e BOOM, o ciúme é tanto que ela vai conferir de perto quem é a nova fulaninha em órbita do nosso físico preferido. Concordo, Amy, “como pode uma mulher ficar 8h por dia sozinha com esse rosto e não se apaixonar?” se nós, meros telespectadores, nos apaixonamos em meros 20min por semana? Pra surpresa de todos, Penny é quem acaba mordida e, GO LEONARD, ela pode não ter dito que te ama, mas tem ‘um sistema límbico disposto a tirar as calças do Hofstadter".


Coisas que aprendemos com TBBT:

- Segundo Amy, curvex se assemelha a instrumentos ginecológicos da Tinker Bell. E, se quisermos ser lembrados, precisamos espalhar nosso odor a fim de marcar território.
- Quem sobrevive a uma maratona de "Weight Watcher" aguenta qualquer coisa!
- Qualquer pessoa, comparada ao Sheldon, é garoto propaganda da sanidade - inclusive um certo indiano-não-consigo-falar-com-mulheres-que-estou-interessado-sem-estar-bêbado.
- Sheldon nunca, nunca fica bravo. Fica desapontado. 

PS: Howard, estamos juntos nessa! Por favor, derrubem seus lápis em prol de um amigo necessitado de gravidade! 






Share on Google Plus

About Vanessa Reis

Hey 23, call me! (@neereis)
    Blogger Comment
    Facebook Comment