The Vampire Diaries 4x01 - Growing Pains (Season Premiere)


Quando suas expectativas não são supridas.

Muito se falou sobre o retorno de The Vampire Diaries pra essa quarta temporada. Obviamente porque a história deu uma grande reviravolta ao final da ultima temporada. Elena se tornar vampira era um elemento que já sabíamos que iria acontecer na história mais cedo ou mais tarde, mesmo assim o acontecido não deixou de ter seu valor.

O grande problema é que partir daí nossas expectativas ficaram muito altas em relação a tudo o que fosse acontecer daqui pra frente. Elena vampira vai dar uma nova perspectiva pra série, ela o que eu falava. Mas a execução de disso tudo não me agradou tanto como eu imaginava que iria.

Admito que seja um ponto de vista bem pessoal, mas fato é que eu vi muito nessa premiere com um olhar de decepção. Claro que não vou classificar todo o episódio como uma coisa ruim, longe disso. Tenho motivos específicos pra ter tido esse tipo de sensação negativa e vou tentar explicar e pontuar o que eu achei de bom e ruim nesse episódio.

Gostei do fato de não terem enrolado pra chegar à cena em que Damon e Stefan contam pra Elena que ela se tornou uma vampira. Ainda mais porque a cena já havia sido liberada como sneak peek. Depois disso  vimos que já haviam arquitetado um mega-plano utilizando a macumba de Boonie pra trazer Elena de volta do mundo dos mortos. E Boonie teria conseguido sim se não fosse a avó que impediu o plano na hora. Só que na minha cabeça isso não faz muito sentido. Boonie se afastou de Elena quando a avó pediu, mas quando se tratou de Klaus ela simplesmente resistiu e concluiu o plano. Ou seja, ela teve menos interesse em salvar Elena do que salvar Tyler. Obviamente pra questão criativa da série Elena deveria se tornar vampira de qualquer jeito, mas é uma coisa a se pensar.

Falando em híbridos, achei essa sequência envolvendo todos eles muito boa. Teve desavenças entre irmãos, ciúmes e muita intenção de sexo híbrido-vampiro. Além disso, vejo potencial pra essa trama envolvendo esse novo triangulo amoroso que na verdade não é tão novo assim. Só acho que poderiam ter mantido Klaus possuindo Tyler por mais tempo, pelo menos até fazer Caroline ficar bem mais envolvida ou até mesmo descobrir a verdade e ficar na dúvida sobre quem realmente ela ama.

Mas o pior de tudo foi ter que ver Elena e Stefan ficarem juntos de novo oficialmente e é aí que eu chego na parte na decepção que eu tive com a série. Sinceramente não vejo mais motivos pra enrolarem tanto em colocar Elena junto com Damon, se é que isso vai acontecer. Só sei que pra mim Stelena é a coisa mais sem graça do mundo e é impossível que esses autores não estejam vendo que isso já passou da hora de acabar. Achei que o fato da memória de Elena ter voltado como um filme poderia dar uma grande reviravolta nessa história, mas aconteceu o inverso disso.

Se esse triângulo vai ser deixado de lado? Acho impossível isso acontecer e na verdade isso tudo até acaba me dando esperanças de que a reviravolta seja em grande estilo. Agora é só esperar pra ver.

Sobre a transição de Elena, achei tudo muito bem feito e interpretado, mas faltou alguma coisa que causasse mais impacto. Elena sempre foi aquela figura de menina ingênua e mostrar uma cena mais forte dela seria um bom contraponto pra personagem. Quem não ficou esperando Elena pegar o braço do segurança e sugar todo o sangue até não poder mais? Faltou um pouco mais de agressividade na cena.

Apesar disso tudo o retorno da série foi bom e as histórias tem potencial pra seguir um bom caminho. Afinal, falando em The Vampire Diaires pode surgir qualquer plottwist de explodir cabeças da onde não tem o que surgir.

PS: Matt está muito irritante com esse mimimi. Se ele acha que não merece viver se mata logo e para de ser o personagem mais inútil da série.

PS²: Boonie não perdeu tempo e já se certificou de fazer o anel sundown pra Elena antes de tudo acontecer. Pelo menos isso ela consegue fazer sem ser interrompida.

PS³: Where's Katherine?
Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment