The Voice 3x10/11 - The Battles, Part 1/Part 2


Começaram as batalhas e neste ano tivemos a introdução do roubo, que com certeza agitou e muito essa fase da competição que antes parecia morta, não empolgava e era muito pouco aproveitada. O roubo é bem simples, se um dos coaches gostar de alguém eliminado por seu colega na batalha, ele pode apertar o botão vermelho e pegá-lo para seu time, caso mais de um coach apertar o botão, o poder de decisão volta para o eliminado. Vamos ver quem ganhou as batalhas e quem foi roubado por quem?


Carry On Waynard Son - Kansas

Armando: Adorei essa batalha, Casey conseguiu se defender muito bem durante toda a batalha, o controle de voz dele é muito boa. Mas era uma música rock, Terry estava no seu gênero e não teve grandes dificuldades para se sobresair. Vitória justa do Terry.
Rebeca: Excelente forma de começar as batalhas, gostei da escolha da música e dos dois juntos. Realmente, o Casey fez bonito e não se deixou intimidar mas a voz do Terry é mais única e eu também seguiria com ele. 
Eduardo: Tenho que começar dizendo, que nível estão as batalhas nessa temporada hein?! Gostei de todas, e a primeira não foi diferente, adorei a escolha da música que me deixou com saudades de Supernatural. Achei que o Terry se deu bem porque estava na sua zona de conforto e sua voz soou mais natural.


Santeria - Sublime

Armando: Primeiro, não sei o que Collin está fazendo nas batalhas, não vejo nada de mais na voz dele. Já o Bryan tem essa rispidez incrível na voz, mas teve alguns problemas de afinação. Sem dúvidas, eu levaria o Bryan para a próxima fase, já que ele tem um tom de voz diferente. Ainda estou sem entender porque roubaram o Collin, não acho que irá trazer algo de interessante para a competição.
Rebeca: Também não entendi porque gastar um "steal" com o Collin, além de não ter nada de grandioso na voz, o jeito desengonçado que ele age no palco me incomoda bastante. O Bryan além de ter um excelente voz canta sem esforço e faz tudo parecer bem fácil.
Eduardo: Discordo completamente dos dois acima, eu usaria um steal no Collin sim porque acho que ele tem talento para ir adiante, como comentei anteriormente ele mandou muito cantando Wild World. Ele perdeu essa batalha porque a voz do Bryan é incrível e única. Para mostrar que o Collin tem talento, um vídeo dele cantando Titanium, então shhhhsh vocês dois.


Jessie's Girl - Rick Springfield

Armando: Eu gosto muito do JR, acho que a voz dele é mais gostosa de ouvir, mas o controle do Diego é superior. Se eu fosse o Cee Lo eu não teria feito essa batalha, mas o Diego foi superior e por isso mereceu vencer.
Rebeca: Eu particularmente gostava dos dois e são estilos diferentes fica meio complicado julgar tanto, mas o Diego sem dúvida foi melhor e dominou a apresentação. Pena o JR sair tão cedo. 
Eduardo: Achei estranho a escolha dos dois para batalhar, o JR tem um estilo completamente diferente, mais soul, mais tranquilo, achei que ele iria passar sem problemas, mas concordo com o argumento do Cee Lo em achar que o Diego tem mais a oferecer à competição.


Message In A Bottle - The Police

Armando: Obrigado, Christina! Eu estava super ansioso para ver a batalha da De'Borah, pois blind audition dela foi impecável. Essa mulher tem um controle de voz muito bom, sem falar que acho o Nelly um pé no saco e essa história de fugi da guerra é um porre. Já chega que tivemos o Jesse na temporada passada se fazendo de coitado. Deborah mereceu essa vitória.
Rebeca: Xtina já começa outra vez mostrando que é a que mais acerta na escolha das músicas e nos pares para batalha. Até gostava do Nelly e estava curtindo a música na primeira parte onde ele dominou mas foi só a De'Borah assumir que deu pra perceber quem merecia sair vencedor. Ela tem uma atitude e traz algo tão diferente que acredito e torço que a leve longe na competição.
EduardoA De'borah me ganhou na batalha, achei que ela estava muito mal nos ensaios, não estava conseguindo acompanhar a música mas como diz o ditado entre os seriadores ela realmente sambou na minha cara. Achei que ela se entregou à música e ganhou merecidamente. Não que o Nelly seja ruim, mas ele foi completamente ofuscado pela De'borah. 


Sin Wagon - Dixie Chicks

Armando: Outra batalha que não teve nada de diferente, importante ou divertido. Ri muito da mãe steel perdida no palco e a filha steel tentando ser a Beyoncé. A Gracia mereceu vencer por ser mais espontânea, divertida e sabe fazer aquelas maldições do interior dos EUA.
Rebeca: Batalha mais chata da noite e a que eu menos me importava com quem iria passar. No fim das contas também iria com a Gracia.
Eduardo: Pior batalha de todas que eu assisti. Achei sem graça e como cortaram algumas batalhas no episódio de terça feira podiam ter cortado essa também. Gracia passou, clap clap, parabéns pra ela.


Visions of Love - Mariah Carey

Armando: A melhor batalha até aqui, sem dúvidas. Eu estava torcendo para a Amanda, acho a voz dela melhor e acho que ela chegará mais longe do que o Trevin pode chegar. Mas os dois batalharam muito bem, atingiram notas altas sem perder o rebolado. Que bom que a Amanda foi roubada, ela merece, muito.
Rebeca: em batalhas assim que a gente percebe o quão legal foi adicionarem o recurso do roubo nessa temporada. Os dois arrasaram e foram excelentes, aquele final então.. uau! Não tinha um preferido e no fim das contas ambos saíram ganhando esperemos pelas próxima apresentações.
Eduardo: Uma batalha tão épica quanto o b-b-b-aby da season passada. Adorei como eles cresceram juntos na música durante a performance. Burrice do Cee Lo em colocá-los para batalhar um contra o outro. O steal se mostrou útil e garantiu que ambos continuassem no programa. Concordo novamente com o Cee Lo em escolher o Trevin porque ele ainda está mais cru, e com certeza ainda tem muito a oferecer.


Telephone - Lady Gaga 

Armando: Como assim o Cee Lo deixa a Domo ir embora? Ela é pura magia, tem esse corpo, essa atitude, essa confiança toda. Essa batalha foi muito engraçada... adorei a dancinha que eles combinaram e morri quando ele faz de conta que bate na bunda dela. A voz do Cody é melhor, é verdade... mas ele não vai longe, e acredito que ela poderia, no mínimo, trazer algo diferente para o programa.
Rebeca: Domo é o que, Armando? Pra mim ela já vai tarde mas admito assim como Xtina que ela  (enfim) manteve a humildade na hora da performance. Eu preferia o Cody mas não gostei nada da voz dele nessa música e de qualquer modo não acredito que vá longe. 
Eduardo: Se é pra fazer uma batalha não tão legal por que não fazê-la ao menos divertida? Foi o que esses dois fizeram, nenhum tem perfil para ganhar o programa mas eu realmente gostei de assistir a performance. Acho que como cantor mais completo o Cody realmente mereceu ficar, apesar de que a Domo tem muito mais presença de palco e sensualidade. 



You Gime Me Something - James Morrison

Armando: Ótima escolha de música, Christina. Ela caiu perfeitamente nas vozes deles, achei que o Aquile seria muito superior a ela, já que ele tem mais experiência, mas ela até que saiu bem. Pena que ela foi eliminada, eu AMEI o tom de voz dela, mas a Christina fez a escolha certa.
Rebeca: Eu tinha amado a blind do Aquile mas confesso que a Nathalie me conquistou e tratando-se particularmente dessa versão eu gostei mais dela, uma pena ninguém ter roubado porque a voz dela é muito gostosa de ouvir.
Eduardo: Que delícia de performance. Tinha adorado a Nathalie cantando Taylor Swift e a escolha da música foi realmente perfeita para os dois. Embora ache que o Aquile tenha se saído melhor a Nathalie tem uma rispidez mais interessante na voz, acredito que ela poderia crescer mais do que ele dentro do programa. Fiquei decepcionado porque o Blake não usou o steal nela.



Lights - Ellie Goulding

Armando: Fica difícil julgar essa batalha, pois as duas foram muito bem. Eu também escolheria a Melanie para vencer, por causa do tom doce da voz dela. Acho que tem algo de especial na Melanie, mas acredito que ela não chegará na final da competição.
Rebeca: Essa batalha me fez crer que o Adam enfim tomou juízo nessa temporada, o difícil era que eu gostava das duas, mas aplaudo ele pelo par criado e pela escolha da música também. Eu iria com a Melanie porque já estou torcendo por Castor desde o inicio mas fiquei bem feliz que a Caitlin continuará e melhor ainda no Team CeeLo, boa coisa pode vir disso.
Eduardo: Outra batalha maravilhosa de assistir. As duas foram muito bem e embora a Caitlin ter a voz mais limpa eu acho que a Melanie tem uma voz única, podendo ir muito mais longe na competição. Fiquei contente pelo steal do Team Cee Lo porque no time dele tinham poucos artistas que eu realmente gostei e acho que ele combina muito bem com cantores nesse estilo mais dark.

A edição me deixou com muita raiva no segundo episódio das batalhas, não mostrar duas batalhas e mostrar um monte de coisas desnecessárias nos ensaios das outras, foi um erro enorme. Até hoje não sei quem é Lisa Scinta, e mesmo amando a Celica Westbrook, queria ver como era a outra moça. Na batalha de Rudy Parris e Charlie Rey, acredito que não seria necessário mostrar, mesmo... mas não me conformo do Charlie sair para o Rudy.

Audiência: na segunda-feira, a audiência final foi de 4.8 na demo e 12,89 milhões de telespectadores. Já na terça-feira a demo registrou 4.5, com 12.19 milhões de telespectadores.
Share on Google Plus

About Armando Wunsch

Formando em Comércio Internacional, se apaixonou por séries depois de assistir o piloto de Ugly Betty na Sony. Desde então seu entusiasmo por seriados só aumentou. Fã convicto de Grey’s Anatomy, Modern Family e The Good Wife, acompanha mais de 20 seriados semanalmente (na Fall Season). Já deixou muitas vezes de estudar e trabalhar para assistir seriados. Apaixonado por música, chocolate, Big Mac e coca-cola, sonha em ganhar na mega-sena para não precisar mais trabalhar. (@_wunsch)
    Blogger Comment
    Facebook Comment