The Voice 3x14/15 - The Battles, Part 5/Part6


Muita fofura nas últimas batalhas.

Guardando o melhor para o final. Nesses dois últimos episódios tivemos batalhas de arrepiar e eliminações que doeram no peito, enquanto que teve outros duelos que nenhum dos dois prestavam. Semana que vem começa uma nova fase exclusiva desta temporada, os knockouts. Pela prévia, parece que vai ser bastante interessante. Mas vamos ver quem completou os times de cada coach?


Whataya Want From Me - Adam Lambert

Armando: Achei a batalha meia boca, eu teria escolhido a Alexis para ir para a próxima fase, pois ela tomou riscos e essa é a única forma de alguém melhorar. Eu gosto do Daniel, mas acho a voz dele enjoativa, não trazendo nada de novo para a competição.
Rebeca: Também achei a batalha chata e não acho que eles combinaram como par, mas eu também seguiria com o Daniel apesar de não achar legal essa cara sempre sofrida que ele faz cantando a voz dele tem uma particularidade maior que a da Alexis.
Eduardo: Eu queria falar isso desde o começo: a Alexis não lembra a Amy de The Big Bang Theory, ou só eu fui louco para enxergar isso? Sobre a batalha eu nunca gostei do Daniel, desde sempre, portanto achei que a Amy Alexis merecia ter passado.


Ain't No Mountain High Enough - Marvin Gaye & Tammi Terrell

Armando: Nossa, a Nicole é muito boa. Já havia gostado bastante dela nas blind auditions e agora já estou torcendo por ela. Espero que o Adam dê valor a ela, diferente do que fez com certa candidata do time dele na última temporada.
Rebeca: É, Adam realmente aprendeu e acredito que ele seja responsável pelos pares mais coerentes desse ano. Difícil escolher, os dois foram muito bem mas eu iria com o Brandon porque ele consegue me fazer gostar de um estilo que não é meu favorito e pra mim ele conseguiria ir mais longe que a Nicole na competição.
Eduardo: Batalha excelente, a Nicole tem muita desenvoltura no palco, e o Brandon se esforçou bastante para não fazer feio. Acho que ela vai longe ainda, se o Adam manter o mesmo nível de coach que ele vem tendo nessa temporada.


Free Your Mind - En Vogue

Armando: Sendo totalmente honesto, essa é a primeira batalha que me da vontade de baixar a música em dueto. Foi muito bom, a Marissaann veio com muita atitude, mas a Devyn foi melhor nos vocais. Fiquei feliz que a Marissaann foi roubada pelo Blake, mas acho que não passa pelos knock-outs.
Rebeca: Well Done Team X-tina, mais uma batalha equilibrada com uma boa escolha de música. Acho que seguiria com a Marissaann mas fiquei feliz pelo save do Blake já que menininhas de 15 anos são a cara do time dele, não é?
Eduardo: Batalha com o nome Xtina estampado. Não sou muito fã desse tipo de música mas acho que a batalha terminou empatada, qualquer uma das duas que a Christina escolhesse teria sido uma escolha justa. E realmente, a cara do Blake usar o steal na Marissaann.


Hot 'n Cold - Katy Perry

Armando: ADOREI. Achei a melhor batalha da Christina. O nível das duas foi realmente grande. Eu escolheria a Jordan, se fosse ela. Acho que a experiência dela falaria mais alto nos lives shows, mas a Adriana também é muito boa e com certeza foi uma ótima adição para o time dela.
Rebeca: Também gostei bastante mas ainda achava a voz da Jordan melhor por aquelas partes mais lentas da música que soavam tão bem. Pena não tem mais steal para ser utilizado.
Eduardo: Acho que a Adriana passou por fazer mais o estilo da Christina. Ela foi mais agressiva conforme a Christina havia pedido e isso a fez vencedora da batalha. Gostava da Jordan e acho que se o Blake tivesse outro steal, teria roubado ela também. Na realidade preferia que ela tivesse continuado em vez da Marissaann.


I Hate Myself for Loving You - Joan Jett and the Blackhearts

Armando: Adorei a atitude da Michaela, por isso a escolheria. Mas as batalha foi bem equilibrada. Não sei se a escolhida vai durar muito num time que é bastante country, mas ela manda muito bem e o controle da voz dela é bom.
Rebeca: A maior sacanagem do Blake foi usar o fator idade como desculpa para juntar as duas. A música funcionou muito bem e a batalha também mas era mais do que óbvia a vantagem da Michaela aqui e eu também seguiria com ela, embora a Kelly tenha mostrado uma atitude e não se deixado abater.
Eduardo: Achei a Kelly meio apagada pra uma competidora de Reality, a Michaela tem mais atitude, mais presença de palco, e por isso realmente mereceu passar. Também não gostei da justificativa do Blake.


Titanium - David Guetta (Feat. Sia)

Armando: Melhor batalha. Acho que esquisitice da Chevonne acabou me agradando mais que o Avery, que eu amo, amo, amo. Acho que a competição precisa de alguém no estilo Usher e Ne-yo para ter algo diferente. A Christina acabou roubando a Chevonne e acho que ela tem chances de ir para os lives, simplemente por ser bem parecida musicalmente com ela.
Rebeca: Uau! Sem dúvidas umas das melhores e mais marcantes batalhas de todos os tempos do programa. Eu também curti toda a performance da Chevonne e acho que ela pode ser dar bem no time da Christina mas a voz do Avery é absurda de tão boa e ficou perfeita na música. Vitória merecida.
Eduardo: Também gostei muito da batalha, achei que o Avery não fosse vingar depois dos ensaios, mas ele se saiu muito bem. A Chevonne foi um baita desafio para ele e depois dessa batalha acho que ele fica entre os finalistas. Gostei também das dancinhas que ele fez enquanto cantava.

Como a edição adora nos trollar, não mostraram a batalha que todos estavam esperando, da Cassadee Pope, que venceu o Ryan Jirovec (quem?). As outras batalhas foram Loren Alfred, que venceu o Brian Scartocci e eu não lembro da audição de nenhum deles, e fico feliz por terem cortado, pois se eu ouvir Need You Now mais uma vez, bato em alguém. E por fim, Joe Kirkland venceu Samuel Mouton, eu gosto do Joe, mas não a ponto de querer ver ele nos lives.

Audiência: tivemos o mesmo número na demo para os dois episódios, 4.3. A diferença ficou nos milhões de telespectadores, na segunda-feira tivemos 12,02 e na terça-feira tivemos 11,22.
Share on Google Plus

About Armando Wunsch

Formando em Comércio Internacional, se apaixonou por séries depois de assistir o piloto de Ugly Betty na Sony. Desde então seu entusiasmo por seriados só aumentou. Fã convicto de Grey’s Anatomy, Modern Family e The Good Wife, acompanha mais de 20 seriados semanalmente (na Fall Season). Já deixou muitas vezes de estudar e trabalhar para assistir seriados. Apaixonado por música, chocolate, Big Mac e coca-cola, sonha em ganhar na mega-sena para não precisar mais trabalhar. (@_wunsch)
    Blogger Comment
    Facebook Comment