American Horror Story 2x03 - Nor'easter



American Horror Story nunca cansa de nos surpreender. A história vai ficando cada vez mais empolgante e vai nos deixando cada vez mais curiosos sobre o destino de todos os personagens. Aqueles que parecem bonzinhos nem sempre o são, e aqueles que parecem malvados muitas vezes podem acabar sofrendo. É isso que nos mostra o terceiro episódio, que tinha uma grande expectativa a cumprir depois dos dois primeiros. É mais tranquilo e não tem tanta ação quanto os anteriores. Mas ainda assim, é interessante e complementa a história, deixando mais perguntas e resolvendo outras.

Começando com os tempos atuais. Descobrimos finalmente que o Bloody Face era só um grupo de garotos querendo se divertir dentro do que foi o sanatório. Acho que o casal principal poderia ter sido melhor aproveitado. Eu simplesmente odiei o novo grupo que vai sofrer na história de 2012, e espero que  essa "mudança de protagonistas" seja mais interessante do que parece. A sequência inicial foi um tanto confusa pra mim, e poderia ter sido melhor explicada. Tomara que no próximo episódio eles resolvam isso de forma interessante, porque eu sinceramente nem ligo mais pros tempos atuais e me interesso somente pelo que se passa no sanatório quando ele ainda funcionava.

Mas vamos falar da época que interessa. Achei muito bom o plano de fuga deles, mas foram atrapalhados pelos humanos deformados canibais(mais uma homenagem de titio Ryan aos clássicos). Finalmente descobrimos o que estava escondido na floresta, e espero saber mais sobre eles e sobre o motivo do doutor Arden ter criado esses monstros. Outra parte interessante do episódio foi ver o destino da pobre Shelley. Ter suas pernas cortadas deve ser a pior coisa do mundo. Fico me perguntando qual a utilidade que vão achar para ela nos próximos episódios, e foi um ótimo cliffhanger entre os episódios, e um tanto chocante! Ponto positivo pros produtores!

Mas quem mais surpreendeu foi a pobre irmã Eunice. Possuída pelo demônio que matou Jed no episódio anterior, ela surpreendeu ao enlouquecer todos os que encontrou, principalmente o doutor Arden e a irmã Jude. Chegou até mesmo a matar a sangue frio uma das internas, jogando o corpo dela pros deformados. Essa transição entre a crueldade do demônio e o lado suave e fofo da freira foi o ponto alto do episódio, mostrando o quão boa atriz ela é, deixando aquele gostinho de quero mais para saber o que ela vai aprontar daqui pra frente.

Foi o menos bom dos episódios até agora, mas nem por isso deixou de ser ótimo. AHS está se firmando como a melhor temporada do ano, sem um episódio fraco sequer, e com essas sequências de tirar o fôlego e uma maquiagem impecável, só tende a melhorar. Agora, deixo perguntas pra semana que vem: será que o Alien que irmã Jude viu era real? O que vai acontecer com Shelley? Onde está o corpo da namorada de Lana e quem é o Bloody Face? Será que eles terão outra chance de escapar? Essas e outras respostas, somente no próximo episódio de American Horror Story.
Share on Google Plus

About Bruno

Apaixonado por séries e por tudo que é novo e diferente, infelizmente não tem mais tempo para ser um seriemaníaco, desde que vendeu a alma para a faculdade. Faz faculdade de Biologia, e tenta ao máximo conciliar o curso com suas séries e, principalmente, seus realities. Começou com Harper's Island por recomendação de um amigo, e desde então não parou. Tenta manter pelo menos uma série/reality por temporada, mas nem sempre é possível, já que seu interesse por ficção e séries diferentes nem sempre é preenchido. Além disso, gosta de ir ao cinema pelo menos uma vez por semana, e assiste alguns animes quando consegue acompanhar. (@bkaozzz)
    Blogger Comment
    Facebook Comment