Castle 5x06 - The Final Frontier



"Star Trek, Battlestar, that Joss Whedon show."


Castle já é conhecida por fazer episódios que remetem a outras séries, já tivemos Grey's Anatomy, Supernatural, Once Upon a Time e agora foi a vez do tributo a "tal" série de ficção científica do Joss Whedon que adivinhe só, tinha o Nathan Fillion como protagonista. Todo seriador que se preze mesmo que não tenha assistido (tipo eu) já ouviu em algum momento da vida falarem sobre Firefly, até porque acredito que seja a série cancelada precocemente que mais rendeu fãs, revoltados e gente que lamenta seu fim até hoje.

Todos os elementos de Nebula-9, a série do episódio, são comuns a Firefly. Cancelada após uma pequena quantidade de episódios, base de fãs fiel apesar do show não ter tido uma vida longa, contava a história da tripulação de uma nave que enfrentava os perigos de um futuro distante e e ainda a conquista de um filme sobre a série. Firefly fez 10 anos que estreou em setembro e acredito que os órfãos dela tenham conseguido ver mais referências do que eu, mas ainda assim divertido demais associar tudo e ver a menção ao personagem do Capitão Mal (Fillion) no Capitão Max. 

Como se não bastasse isso ainda descobrimos que Beckett é fã de sci-fi e fazia cosplay de personagem de séries nos primeiros anos da faculdade? Como não amar? Ri demais de todas as piadas que o Castle soltava denegrindo o show até o momento marcante que ele descobre a tal foto dela vestida como tenente Chloe. E olha, até me emocionei e super entendi a Kate admitindo que o show era bobo, que ela entendia porque as pessoas odiavam mas ela também entendia aqueles que adoravam e segue listando todos os motivos que a faziam curtir tanto a série. Fãs de Glee, de hoje em diante prometo deixá-los em paz (brincadeirinha).

Só pra atiçar mais ainda a mente fértil do Castle a arma do crime tinha que ser de laser. Como não morrer de rir da hora que ele e Beckett encontram o local onde a arma foi fabricada, são surpreendidos por vários lasers mirando neles e o Castle começa a 'sambar' tentando em vão fugir do alvo? Sério, Nathan Fillion, EU TE AMO! E é claro que ele tinha que fazer bobeira com as evidências do crime mas no fim isso culminar na resolução de tudo também. Cogitar calvície como efeito colateral de ter disparado a arma tem que ser coisa dele e o momento awn da semana tem o Esposito outra vez porque eu achei demais Castle e Beckett dividirem a tamanha barra que seria o relacionamento deles se o Richard (pumpkin head) ficasse careca.

Ao final, Beckett se mostrou das minhas negociando em troca de que Castle fizesse maratona e assistisse (SEM CRITICAR) a saga da sua série preferida. Gênia! E eu chorei de rir com aquela cena final, me colocam uma música toda na vibe strip club, Castle babando pelo corpão da Beckett e ela me sai de lá com uma cabeça de Creaver? Sério gente, MELHOR SÉRIE QUE EU VEJO NO MOMENTO.



Observações Finais :

- Assistir Firefly, tipo pra ontem.

- Comecei a ler o primeiro HQ do Derrick Storm que é baseado nos livros e que parece ser mesmo escrita pelo Richard Castle. No Paul torrent da vida vocês encontram a primeira edição Deadly Storm, recomendo. A segunda, Storm Season, é a divulgada no início do episódio.

- "And may fortune guide your journey."
Share on Google Plus

About Rebeca Barros

Sarah, we make a family, yes? (@bkbarros)
    Blogger Comment
    Facebook Comment