Elementary 1x08 - The Long Fuse

Elementary, como todo procedural, tem a cada semana um caso diferente para ser resolvido. Porém, por trás dessa dinâmica, também temos as relações pessoais dos nossos personagens em foco, senão acabamos perdendo a vontade de assistir, por não nos identificarmos nem nos aproximarmos de quem estamos assistindo. E foi para isso que o oitavo episódio dessa temporada foi criado. Com uma premissa interessante, ele mostra não só mais um crime, mas como a relação de Sherlock e Watson é forte e já deixa grandes marcas em ambos.

Primeiro, vamos ao caso da semana. Uma bomba explode dentro do duto de ventilação de uma empresa, matando duas pessoas. Porém, descobre-se que ela foi colocada lá em 2008, e era um crime mais antigo do que realmente parecia. Adorei a forma como ele foi conduzido e resolvido e acredito ser o caso mais difícil até agora. Até as provas incriminadoras do culpado foram complexas demais e resultaram de um grande esforço do Sherlock. Eu ainda me surpreendo como essa série me deixa louco procurando o assassino, mas eu nunca acerto e é sempre quem eu menos imagino. E quando chega o final, tudo acaba fazendo sentido e ele estava na nossa cara o tempo todo. Os produtores ainda não esgotaram suas idéias, e eu sinceramente espero que não esgotem tão cedo.

Mas o mais importante foi ver a relação entre nossos personagens principais. Watson revela que em poucas semanas terá que deixar o convívio com Sherlock e sugere que ele procure outro companheiro de trabalho. Porém, ele faz de tudo para que ela odeie os pretendentes, e fica explícito o quanto ele vai sofrer com o fato de ela precisar ir embora. Achei que nunca fosse dizer isso, mas a cara de triste e desolado do Sherlock no final do episódio foi... fofa até demais! Nem parece o detetive durão que conhecemos, mas sim uma criança a quem foi negada seu doce favorito. Espero poder ver mais cenas de fragilidade dele, e não quero que Joan vá embora, acho que eles fazem uma dupla perfeita!

Foi um ótimo episódio, com um caso intrigante como deve ser e que desenvolveu as relações pessoais entre nossos personagens principais. Espero que tenhamos mais episódios como esse, e que a série continue avançando com essa alta qualidade. E você, leitor, o que achou? Deixe seus comentários e até semana que vem, após o próximo episódio de Elementary!
Share on Google Plus

About Bruno

Apaixonado por séries e por tudo que é novo e diferente, infelizmente não tem mais tempo para ser um seriemaníaco, desde que vendeu a alma para a faculdade. Faz faculdade de Biologia, e tenta ao máximo conciliar o curso com suas séries e, principalmente, seus realities. Começou com Harper's Island por recomendação de um amigo, e desde então não parou. Tenta manter pelo menos uma série/reality por temporada, mas nem sempre é possível, já que seu interesse por ficção e séries diferentes nem sempre é preenchido. Além disso, gosta de ir ao cinema pelo menos uma vez por semana, e assiste alguns animes quando consegue acompanhar. (@bkaozzz)
    Blogger Comment
    Facebook Comment