Hart of Dixie 2x05/2x06 - Walkin' After Midnight/I Walk the Line



As mudanças visíveis que ocorreram em Hart of Dixie da primeira temporada pra cá estão conseguindo tornar a série ainda mais gostosa de assistir. Depois que os casos semanais foram deixados de lado para dar lugar a uma história com continuação, controlar a ansiedade todas as terças feiras é quase impossível. Prova disso foram os dois últimos episódios onde vimos Bluebell pegar fogo - salve George vestido de bombeiro. 

Em "Walking' After Midnight" toda a história do stalker de Zoe foi muito engraçada e eu nunca imaginei que George fosse o sonâmbulo porque convenhamos, é bem a cara de Wade aprontar uma dessas com a doc. O problema foi que com todo o clima de Halloween instalado em Bluebell e George vestido de bombeiro, deu um certo medo de que Zoe não resistisse aos encantos do moço e colocasse tudo a perder com Wade. Ainda bem que nosso caipira favorito entendeu tudo numa boa, e aceitou as desculpas de Zoe com direito a tapinha no bumbum e tudo.

Achei uma palhaçada Lavon ter aceitado fingir namorar com Anabeth só pra conseguir votos. Já imaginava que ele não ia carregar a farsa por muito tempo já que o lado bom moço dele sempre acaba vencendo. Só o que foi divertido apesar de tudo foi ver Lemon morrendo de ciúmes, foi a gota d'água pra que ela percebesse que ainda ama o prefeito. Ainda temos uma pedra no sapato chamada Ruby que provavelmente vai atrapalhar quando aproximação amorosa entre nossa Limão e Lavon. Bitch!

Já em "I Walk The Line" o grande evento da cidade era as eleições para prefeito, e sério, só mesmo em Bluebell quem decide o futuro do povo é a galinha. Essas peculiaridades que só a cidade tem são um absurdo mas não há quem não morra de rir. E além de tudo o episódio foi meio que uma denúncia ao sistema eleitoral americano, porque como assim o Limão pai vota em cima da hora e muito tempo depois o negócio ainda é válido? Mais uma pra série de "coisas que só vemos em Bluebell".No fim das contas Lavon ganhou as eleições por um voto de diferença e não teve que depender da galinha. Ou teve? Lavon, seu burro, eu esperava mais de você! Se render pra galinha da Ruby assim, sem mais nem menos? Agora fico aqui pensando se ela queria ganhar as eleições ou se o plano dela  sempre foi reconquistar o prefeito e virar primeira dama... Só sei que deu dó de Lemon, principalmente porque ela havia contado tudo pra Anabeth e a fofa havia lhe encorajado a se declarar pra ele. Lemon já foi abandonada no altar, já passou por maus bocados... está na hora dela ser feliz.

A parceria entre Wade e George também me rendeu muitos risos. Tá certo que pra ajudar os amigos a gente faz o que for preciso mas tinha mesmo que ir atrás da ex mulher? George soube usar bem seus dotes de advogado pra tentar conversar com a moça civilizadamente, mas acabou pagando o preço e ficando um quarto careca. Impagável. Só o que não gostei muito foi o clima que rolou entre ele e Tansy... como assim a moça bonita que ele conheceu no episódio anterior já vai ser esquecida? A tal da Presley tem um temperamento forte mas é ideal pra ele.

Zoe ficou meu away nesse episódio, mais preocupada em ajudar Brick com seu desentendimento amoroso do que com o resultado das eleições. Adorei o rumo que a relação entre os dois tomou, a implicância deu lugar a um sentimento de carinho e preocupação e contando com o fato de que Zoe até estava ensinando Magnólia a dirigir, arrisco dizer que ficou parecendo uma relação de pai-filha-irmã mais velha. 

As cenas Zade são sempre deixadas pro final só pra gente se revirar na cadeira mas sempre vale a pena. Os dois tem essa química ultra mega power envolvente e é impossível não sorrir a toa a cada vez que eles aparecem em cena, com aquele arzinho romântico que a gente não via antes mas sem nunca perder essa coisa engraçada que é a marca do casal.
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment