Hart of Dixie 2x07 - Baby, Don't Get Hooked on Me



"I'm not a Ford… I need something more than your key to start my engine."

Pra mim, pelo menos ao que diz respeito a essa temporada, tudo o que acontece em Hart of Dixie nos leva a Zade. O caso dessa semana, que inicialmente parecia bobinho foi só a desculpa usada pra nos lembrar que nem só de rala e rola vive o homem. Oi?

Cada vez mais tenho certeza que Bluebell pertence a uma galáxia far far far away porque só lá mesmo a população da cidade toda ia ficar feliz com um relacionamento entre um adolescente e uma médica com o dobro de sua idade. Isso prova que as tradições são mais fortes que os preconceitos e ganhar o tal jogo era mais importante que qualquer coisa naquele momento. O tal do Max conseguiu dar pra nossa doc uma demonstração do romance que ela estava precisando experimentar e fomos brindados com um divertidissímo flash mob contando com a participação de todas as figuras caricatas da cidade.

O encontro de Zoe e Max, brilhantemente arquitetado por Wade que estava a fim de dar umas boas risadas, lembrou a doc que um pouco de inocência e amor juvenil não faz mal a ninguém. Achei fofa a cena em que Zoe entra no vestiário e, depois de ter dado um fora no pobre menino, o encoraja a procurar pelo amor verdadeiro e fazer o melhor em campo, deixando a cidade inteira feliz com sua atitude e com a vitória do time. Isso me remeteu a um dos primeiros episódios da série, onde Zoe "destrói" um desfile na cidade. Deu pra ver que depois de todo esse tempo, ela pode até não ter nascido em Bluebell mas já pertence a cidade.  

Além da pseudo pedofilia de Zoe, tivemos Annabeth e Lemon quase se matando por causa de um buffett. Achei o plot bem ruim, porém o que ficou pra mim foi o fato de que Lemon, apesar de continuar sendo mandona, aprendeu a colocar os seus amigos como prioridade, as vezes. Mesmo chateada com a atitude da amiga, ela não recusou a ajudá-la, não só porque foi um pedido de George mas porque ela sabia que Annabeth precisaria de ajuda. Depois da confusão, George foi lá fazer seu papel de defensor da lei e tentar resolver as coisas entre elas. E deu certo! Vamos ver como a dupla solteirona de Bluebell vai se sair em seu novo negócio.

E Lavon, que era um dos meus personagens preferidos, tá ficando super boring agora que está nesse relacionamento com a Rubykenga. Ok, o prefeito sofreu e etc, merece uma nova chance, mas não entendo esse esforço todo que ele está fazendo pra ficar com ela, enfrentando avô casca grossa e tudo mais. Eu sou #TeamVovô e também acho que o lugar dela não é em Bluebell. Pra mim, o caso não dura muito e assim espero, já passou da hora de rolar algo entre ele e Lemon.

E como não poderia deixar de ser, o episódio terminou com Zade deixando a gente aqui com os olhos marejados. WADE, SEU GÊNIO! Conseguiu entender direitinho o significado da palavra 'romance' e daquele jeitinho caipira que a gente tanto gosta, com direito a cookies e tal (nada mais sexy do que um homem que cozinha pra mulher), mostrou pra Zoe que é simplesmente, o cara perfeito. Bromance e dos bons, viu?! #TeamZade



Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment