How I Met Your Mother 8x08 - Twelve Horny Women


How I Met Your Mother está voltando as suas raízes.


Parece que finalmente agora a temporada começou. Com um episódio divertidíssimo, daqueles que relembra a auge da série, podemos dizer que este 8º episódio foi o melhor da temporada disparado. Uma notícia boa, afinal a série parecia que tinha perdido o rumo. Focando na história e continuação da audiência de Marshal (gancho com o episódio anterior), pudemos sentir aquele gostinho de quero mais. Como não amar Marshal tentando se sair um excelente advogado? Impossível!

Joe Manganiello reprisou o papel de ex colega do Marshal na época da faculdade e simplesmente arrasou. Usando da artimanha de seduzir as 12 juradas e o um juiz para lá de gay, Brad usou tudo o que podia para vencer de Marshal. Até um vídeo mostrando as suas belezas naturais foram mostradas e nós, mulheres, agradecemos por isso. Toda mulherada se rendendo as seduções de Brad, com direito a caras e bocas de um Marshal um pouco enciumado. Destaque para o juiz que adorou o corpo de Brad.


Enquanto o caso ia sendo narrado por Marshal para uma banca de juízes, Lily, Ted, Barney e Robin tentavam ver quem era o mais "fodão" (bad-ass) da turma quando adolescentes. Claro que as histórias cabeludas não faziam sentido nenhum e, acredito eu, que nem a Lily era tão assim malvada e rebelde. Mas foi legal rever a turma junto, recordando sua adolescência, sem mencionar que ver Robin como pop star canadense é tudo de bom. Aliás, adoro toda vez que tentam remeter Barney a mágico nerd. 

Falando no casal Barney e Robin, não foi desta vez que os vimos finalmente juntos. Tentando esquecer sobre o beijo, os dois tentaram evitar o assunto, mas uma hora Barney precisou dizer que precisava desistir de tentar conquistar a amiga. Eu achei o discurso fofo demais e, por mais que eu não seja fã do casal, senti um aperto no coração. É, parece que Robin também queria ser conquistada por ele. Será que os roteiristas vão enrolar muito para nós descobrirmos como os dois pararam no altar? Se pegarmos como parâmetro a história da mãe, é capaz de só sabermos isso no último episódio da série.

E depois de tanto suspense, no qual cheguei a pensar que Marshal tinha feito alguma besteira no julgamento, como fazer um strip tease, descobrimos que na verdade ele estava tentando ser juiz. Eu achei uma ótima sacada, pois nunca em minha vida pensei que Marshal pudesse ser outra coisa além de advogado e marido da Lily. Na verdade, nem esperava vê-lo vencendo o processo e se sentindo desiludido com a justiça. Será que ele vai virar juiz? Isso só os próximos capítulos e os roteiristas poderão nos responder.

PS: Adorei a sucinta referência ao filme "Doze homens e uma sentença". 
Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment