Once Upon a Time 2x07 - Child of the Moon


No episódio desta semana, há duas maneiras para poder defini-lo. Se você for do tipo que assiste uma série, apenas por preferências a alguns personagens, provavelmente "Child of the Moon" o agradará. Por outro lado, se for analisar o episódio em um todo, nem tanto.

Confesso, que sou meio suspeita para escrever sobre um episódio focado em Ruby. Já que, nunca escondi minha simpatia pela personagem. Porém, prometi a mim mesma, que iria deixar isso de lado e usar o segundo critério supracitado.

Portanto, é lamentável afirmar, que o episódio não passou de enrolation. Creio que Meghan Ory, tenha segurado bem as pontas e esteve bem em praticamente todas as cenas. Mas, para um episódio ser bom, não basta apenas o carisma de uma atriz, personagem (whatever), e sim um conjunto de fatores. Sendo que, fatores mais importantes, estiveram ausentes. E um deles, foi a criatividade incessante de Once Upon a Time. Sim, desta vez as falhas não estiveram sobre os efeitos, e sim sobre o ponto forte da série. Pois, até eu, que sempre consigo me surpreender com as storylines (mesmo que óbvias), não senti nenhum espanto ou tipo de surpresa durante o episódio.

Reparem bem, que estava tudo muito claro. Desde Anita ser mãe de Ruby até quando Snow aparece no meio da matilha. E mesmo, que tenha sido uma bela demonstração de amizade, já era esperado, que Ruby não permitiria que sua mãe tornasse sua bff em comida.

Apesar de tantas críticas, salvo a índole de Ruby. Gostei bastante, em conhecer um pouco mais da personagem, que mesmo coadjuvante, sempre teve um destaque. Embora, eu dispense boa parte do episódio, faço exceção, das cenas em que se aprofundaram no trauma de Ruby e todo aquele sentimento de culpa por ter matado duas pessoas próximas.

Já é de algum tempo, que venho sentindo um clima entre Ruby e Charming. Mas, para não correr o risco de falar besteira e não me crucificarem, optei em deixar para mim. Porém, com este episódio, é impossível não suspeitar de algo. E não me refiro, ao fato de David ajudar Ruby e ficar ao lado dela, pois Charming tem toda essa empatia com as pessoas. Na verdade, estou falando sobre os olhares, os abraços e toda aquela intensidade entre os dois. Alias, se a intenção dos roteiristas for essa mesma, de torná-los um casal, creio que pegará meio mal. Afinal, a coerência foi outro fator que esteve ausente. Pois, convenhamos, que a amizade entre Ruby e Snow foi uma das melhores coisas do episódio. 

E finalmente, Aurora tendo alguma finalidade. Alias, foi a parte (ou única) mais útil do episódio. E já está meio evidente, que Emma e Snow irão usar o pesadelo de Aurora, como meio de comunicação. 

- Estou tentando me decidir entre estranho ou de bom coração, o gesto de Rumpels para com Henry.
- Hilária a cena em que Charming tenta amansar Ruby loba.
- Belle super fofa, tentando ajudar Ruby.


Share on Google Plus

About Caroline Lustoza Boos

Cinéfila assumida. Apesar de colecionar séries, One Tree Hill ocupa maior parte do seu coração. Apaixonada por todos os filme de Alfred Hitchcock. Consumista por séries, filmes,livros, bonecos e afins. Sonha em rodar o mundo. É mãe de 3 gatos, porém, se pudesse teria muito mais. É reservada, mas quando faz uma amizade de verdade, leva para a vida inteira. (instagram/snapchat: @cahlboos)
    Blogger Comment
    Facebook Comment