Partners 1x06 - Temporary Insanity



Insanidade pra mim é a palavra que compõe não só o nome do episódio, mas que também descreve o público americano. A fórmula do sucesso parecia certa, no que diz respeito a criação, produção e elenco mas alguma coisa falhou no meio do caminho. Começo essa review muito triste com a notícia do cancelamento de Partners, que em seus seis episódios lutou para conquistar a audiência disputada das segundas feiras e infelizmente não obteve sucesso. O que mais me deixa triste é que comédias muito piores estão sendo renovadas enquanto essa delicinha de sitcom que se despede por aqui poderia nos garantir mais muitos risos.

A notícia doeu ainda mais porque nessa semana, Partners fez um episódio divertidíssimo. Quase morri de tanto rir dos trocadilhos de RoRo que poderiam ter sido a coisa mais sem graça do mundo, mas funcionaram direitinho: "It's Nunya. Nunya of your bussiness". É uma coisa tão ridícula que passa a ser engraçada porque a gente começa a imaginar da mente de qual maluco uma coisa tão sem noção pode ter saído. Ainda pudemos conhecer melhor o ambiente de trabalho de Joe e Louis e os gêmeos malucos, em meio a toda a babação de ovo pra cima de Wyatt que se mostrou o melhor secretário do mundo.

Aliás, já que essa é provavelmente a última review de Partners pois não temos notícias de que a CBS vai exibir todos os episódios encomendados, tenho que me render e aproveitar pra dizer que Wyatt me ganhou. Na primeira review eu falei que o ator não estava conseguindo encontrar o tom certo do personagem mas depois eu fui sendo levada pela meiguice do enfermeiro vegetariano que além de tudo, nesse episódio se mostrou um ótimo secretário. A ideia genial de Louis acabou se voltando contra ele mesmo, já que Wyatt é tão mas tão eficiente que chega a ser controlador. Foi muito engraçada toda aquela coisa do Louis vendo imagens no espelho e se sentindo culpado por indiretamente, ter demitido o namorado. Também foi hilário ver Louis tendo que pagar a ajudinha de Joe sendo garçom no lançamento da nova coleção de Ali. Win-Win! 

Vou sentir falta das caras e bocas de Louis, dos ciúmes de Joe, dos gritinhos e carinhas fofas de Ali e dos costumes e manias de Wyatt. Partners durou pouco mas tempo suficiente pra gente se apegar aos personagens e não querer mais largar. É dura a dor da despedida mas o que nos resta agora é torcer pra que os atores tenham mais sorte em seus próximos trabalhos. Foi uma delícia comentar a série por esse tempinho. 

#RIPartners





Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment