The X Factor US 2x12/13 - Wildcard 1/2


Depois de diversas notícias confusas, que deixavam uma dúvida acerca da exibição ou não do programa essa semana, a temporada de baseball acabou mais cedo e tivemos o primeiro episódio dos live shows!  Com o tema de "músicas feitas nos EUA", tivemos várias apresentações bem razoáveis e poucas que realmente chamassem a atenção. Quem sobreviverá ao último corte? Estarei acompanhado pela Gaby e pelo Well, comentando todas as apresentações:

Paige Thomas - What is Love(Haddaway)
Bruno: Tinha tudo pra ficar bom e dar certo, porque a música é ótima e a Paige é interessante, mas achei esquecível. Concordo com a Gaby que a roupa e a performance chamaram mais a atenção do que os vocais dela, apesar de terem sido impecáveis. Sem graça, é a palavra certa. Mas ainda quero ver mais dela.
Gabriella: Figurino exagerado, para mim ela tava mais querendo imitar a Lady Gaga do que tentar ser uma cantora nova. Gostei da performance, dominou o palco, mas nada de excepcional. Ótimo vocal. O problema é que a roupa chamou mais atenção do que ela.
Wellington: Também achei o figurino exagerado, mas acredito que seja essa a proposta da Demi ao lançá-la como artista. Aqui o que fez a diferença foi atitude. Paige dominou o palco e gostei bastante da performance. Mas vocalmente falando eu achei bem fraco.

Arin Ray - You Keep Me Hangin' On(The Supremes)
Bruno: AMEI a versão dele, mas odiei os vocais e a performance como um todo. Foi um toque diferente pra uma música antiga, e isso é um ponto positivo. Mas ele é sem dúvida o mais fraco do time dele, e ficou duro o tempo todo em uma música que ele deveria ter mais atitude. Se for embora, já vai tarde!
Gabriella: O Usher versão genérica até que se saiu bem, mas foi bem limitado. Esperava mais dele. Modificar o arranjo é bom, desde que deixe a música com um ar melhor. Não foi isso o que senti nesta apresentação. Para mim parecia uma música cantada por robôs.
Wellington: Apresentação foi fraca. Me pareceu apenas um adolescente tentando ser um Usher da vida. A performance teve uma coreografia razoável e vocalmente falando também foi fraco assim com a Paige. Ele precisa correr muito atrás pra chegar ao nível dos outros competidores.

David Correy - My Love is Your Love(Whitney Houston)
Bruno: Eu gostei da apresentação, mesmo nunca tendo gostado muito dele. Só acho que a voz dele podia ser menos chorosa e mais firme, mas fora isso, foi consistente e fez a melhor apresentação da noite até agora(não que isso seja muito difícil...)
Gabriella: Curti bastante! Conseguiu atingir as notas necessárias e tem tudo para ir longe na competição. O coral teve um grande destaque e me senti numa igreja americana! E isso dá ibope nos EUA! Melhor da noite.
Wellington: Até agora foi o que melhor mostrou sua qualidade vocal, que por sinal é de deixar muito cantor com inveja. Sobre a escolha da música também não acho que tenha sido a melhor ou talvez houve um exagero colocado na performance que não me agradou no final.

Sister C - Hell on Heels(Pistol Annies)
Bruno: Sem graça e esquecível. Eu sempre gostei das vozes delas juntas, mas essa performance foi chatíssima. Elas são realmente o grupo mais fraco de todos e merecem sair essa semana. Dentro de vários grupos fortes, elas não se destacam.
Gabriella: Que vozes estranhas são estas? Parecia que elas tinham ingerido aquele gás que se usa para encher bexigas e vieram cantar. Achei muito karaokê. 
Wellington: Como disse Britney no BootCamp: "I think Sister C is annoying." Elas têm uma ótima harmonia, mas não acredito que isso seja suficiente pra ter a simpatia do público. Assim como Demi também esperei uma performance, mesmo que fosse uma coisa bem discreta, mas isso não aconteceu. O melhor dessa apresentação foi ouvir as alfinetadas de Simon e Demi um pro outro. Só por isso já valeu a pena.

Jennel Garcia - Home Sweet Home(Mötley Crue)
Bruno: A melhor da categoria dela. Mostrou como se faz uma performance consistente e enérgica. A música não favoreceu ela tanto assim, mas adorei e espero que ela continue no programa. 
Gabriella: Achei fora do tom. Melhorou no finalzinho, mas para mim foi uma apresentação bem fraca. Não me surpreenderia vê-la indo embora logo na 1ª semana!
Wellington: Apresentação mais completa até agora. Ela foi bem vocalmente, escolheu bem a musica e teve uma boa presença de palco. Só me incomodei um pouco com as descidinhas e as mexidas no cabelo que ela dá, trejeito que é marca de suas apresentações mais voltadas pro lado sensual, que não era o caso da canção que ela executava. Se ela se policiar nisso acredito que tenha grandes chances de ir bem longe na competição.


Diamond White - Hey Soul Sister(Train)
Bruno: Adorei a performance dela, foi bem energética e empolgante, apesar dessa música estar mais batida que bolo no Top Chef. Ela merece continuar e muito na competição, é uma das mais talentosas do programa e deve chegar longe!
Gabriella: Train a la rap? Realmente nunca esperava ver isso na minha vida, mas até que curti. Só achei a roupa 5 números maior que ela. Cadê os figurinistas deste programa? 
Wellington: Diamond é uma artista quase pronta mesmo sendo tão nova. Ela mostrou uma enorme confiança no palco sem demonstrar nada de nervosismo. Não acho que a escolha da música tenha sido a melhor e na verdade todo o estilo trabalhado tirou um pouco da identidade que vimos nas fases anteriores. Mesmo assim ela conseguiu fazer algo extraordinário no palco e com certeza virou uma das minhas preferidas.

Vino Alan - Gotta Be Somebody(Nickelback)
Bruno: Vino Alan pra mim sempre foi um dos melhores da categoria dele. A música começou baixa demais pra ele, mas no refrão ele melhorou bastante. Só que foi bem... Normal. Interessante, divertido, performance boa, mas nada espetacular. 
Gabriella: Cantar Nickellback já leva pontos extras comigo, mas tenho que ser sincera: achei bem estranho o começo! Talvez seja porque a música foi demais para ele! Era melhor tem cantado uma música mais lenta de rock! Foi bem mediano.
Wellington: Vino tem uma voz espetacular mas ele não é um performer. L.A. foi totalmente equivocado com a escolha da música e vou concordar com Simon ao dizer que ele não é um cantor de rock. Uma canção mais intuista mostrando mais o talento vocal de Vino faria toda uma diferença positiva aqui.

LYRIC 145 - Boom! Shake the Room/Gangnam Style(DJ Jazzy Jeff & The Fresh Prince/PSY)
Bruno: Eles parecem profissionais gente, adorei a performance! Uma das melhores da noite! Adoro o rap da Lyric, acho ela a melhor performer da competição, e os backing vocals dela(145) fazem o trabalho que devem e deixam ela brilhar. Muito bom!
Gabriella: Quando eles apareceram já pensei comigo "chegaram os piratas!" Ainda não entendo o que estão fazendo no show, mas diante de poucos grupos que tiveram este ano, entendo porque Simon os escolheu! Achei estranho demais esta apresentação! Mas o povo parece amá-los, então nada a declarar! 
Wellington: Tinha certa aversão ao grupo por causa de ter apenas rappers e nenhum cantor. Mas resolvi deixar isso de lado e tentar aproveitar o que eles podem entregar dentro desse estilo e digo surpreendentemente  que gostei. De longe não seria minha escolha pra seguir muito adiante na competição, mas a apresentação me entreteu bastante.

Cece Frey - Because the Night(Patti Smith Group)
Bruno: Eu adoro a Cece e pra mim ela é a segunda melhor dos Young Adults, mas ela desafinou um tanto nessa performance. E olha que eu adoro essa música! Mas ainda assim, acho que ela merece passar, por ser um grande artista e ótima no que faz, apesar de ter derrapado essa semana.
Gabriella: Tive que voltar umas 3 vezes o vídeo para saber se não era a Madonna! Achei um pouco exagerado, mas foi melhor que muitos nesta noite! O problema é que não sei que tipo de artista a Cece é. Provavelmente estará na semana que vem. 
Wellington: Cece sofreu do mesmo problema que Paige, mas acabou sendo muito pior. A expressão corporal dela foi muito menos daquilo que a música e coreografia pediam e os vocais foram extremamente fracos. Estou vendo um talento sendo desperdiçado. A gente já viu o que ela é capaz de fazer nas fases anteriores e sem dúvidas foi muito melhor do que ela fez hoje.

Tate Stevens - Tough(Craig Morgan)
Bruno: Não gosto de country, mas não posso negar que ele foi o melhor dos overs na noite de hoje. Impecável e simples, como um bom cantor do estilo deve ser. Acredito que ele deva estar na semana que vem, mas meu problema com ele é que não sei se ele tem muito a adicionar no programa.
Gabriella: Vocalmente foi bom, mas a performance foi muito boring! zzzzzZZZZZZZZ
Wellington: Country não é meu estilo favorito, mas Tate fez um bom trabalho no estilo dele. Foi uma apresentação bem clean, não teve nada pra enfeitar e parecer exagerado como em outras. Confesso que já vi performances mais impactantes do mesmo estilo e talvez isso possa acabar sendo um ponto negativo pra ele.

Beatrice Miller - I Won't Give Up(Jason Mraz)
Bruno: Que fizeram com o cabelo dessa menina gente? Fora isso, eu adoro essa vibe cantora Disney que ela tem. Vocais bons, adoro a música, mas desafinou um pouquinho e foi sem graça. Mesmo sendo carismática, não foi tudo que deveria. Mas merece continuar porque tem gente pior!
Gabriella: O que fizeram no cabelo dela? Parecia um moleque e não uma garotinha! Mas vamos falar da apresentação. Saiu um pouco do tom, desafinou um pouco, mas pelo seu carisma continuará no programa. See you next week!
Wellington: Sou totalmente contra a opinião da bancada. Péssima escolha de música. Não pela música em si que é maravilhosa e uma das minhas preferidas. Mas ela simplesmente não se encaixou bem na voz de Beatrice. As partes graves foram graves demais e o momento ápice dá música não trouxe aquele impacto que ela tem quando a gente ouve. Sorry Britney, você errou feio com sua artista.

Jason Brock - Dance Again(Jennifer Lopez)
Bruno: Só eu achei a melhor performance da noite? A mais divertida, empolgante e interessante! Jason Brock tem um dos melhores vocais do programa, e mostrou todo seu carisma. Eu fiquei dividido entre as risadas dos momentos engraçados e a vontade de levantar e dançar!
Gabriella: Eu adoro este cara! Sua voz é contagiante e seu jeitinho nos faz adorá-lo mais ainda! Não sei o que foi mais engraçado: ele dançando ou sua roupa! Arrasou no vocal, mas a música o engoliu. Cuidado na escolha das músicas.
Wellington: Concordo com Simon. Nada funcionou nessa apresentação que foi tomada de decisões erradas. Jason não sabe dançar e não tem o porquê insistir nisso. Segue aqui o mesmo que aconteceu com Vino, onde o estilo da música não condizia com o artista. Parece mesmo que o L.A. está tentando detonar o grupo que ele pegou, mas que não queria pegar de jeito nenhum.

1432 - We Are Never Ever Getting Back Together(Taylor Swift)
Bruno: O grupo que não cansa de mudar de nome fez uma apresentação muito boa perto das que tivemos essa noite. Foram afinadas e a harmonia delas, mesmo com tão pouco tempo juntas, ficou perfeita. Ponto positivo pra um dos melhores grupos!
Gabriella: Elas não mudaram de novo (again)? Não entendo como elas podem ser consideradas favoritas. A apresentação foi boa sim, mas nada de excepcional. Cuidado com a escolha das músicas!
Wellington: Primeiro: Péssima escolha de nome pro grupo. Fora isso elas foram apenas OK. Senti  falta de uma conexão maior umas com as outras e a harmonia precisa melhorar. Consegui perceber o apoio do back vocal na canção e num grupo como esse isso não deve existir. Fail.

Willie Jones - Here For The Party(Gretchen Wilson)
Bruno: Achei sem graça mais uma vez. Eu adoro essa música, mas não foi uma escolha boa para ele. Deveria ter tentado algo mais lento e emocionante para mostrar os graves que a gente gosta tanto. Bottom 2 pra ele.
Gabriella: Me senti num cabaré. E isso não é nenhum elogio. Ótimo vocais, mas o arranjo da música não tinha nada de moderno. 
Wellington: Meu único problema com Willie é o fato da voz dele ser muito comum. Ele não tem alcance, nem um grave que seja realmente muito bom e fica sempre no meio termo. Apesar disso achei que foi uma performance bem animada.

Carly Rose Sonenclar - Good Feeling/Something's Got a Hold On Me(Etta James)
Bruno: Acho que ela tem que aprender a usar um microfone. As vezes ela tirava e num dava pra ouvir ela cantando. Fora que, pra quem tem Xtina Aguilera como comparação(ela canta ambas no filme Burlesque), a apresentação dela foi bem sem graça. Mas novamente, bem melhor do que qualquer outra dessa noite, ficando no top 3 de apresentação atrás de Lyric 145 e Jason Brock. 
Gabriella: A decepção da noite! Não porque ela desafinou ou algo do tipo, mas sim porque foi bem fraquinha a apresentação. Esperava mais dela. Com certeza foi a escolha da música. Carly, querida, para você ganhar esta competição, tem que saber escolher as músicas certas e fazer apresentações memoráveis. Infelizmente esta apresentação foi bem esquecível.
Wellington: Melhor cantora da competição sem nenhuma dúvida. A escolha da música e a coreografia não foram felizes e se Britney não tiver um bom senso crítico (eu acho que realmente não tem) isso pode acabar sendo crucial para a permanência dela na competição.

Emblem 3 - One Day(Matisyahu)
Bruno: Emblem 3 chegando pra mostrar que os grupos são a categoria mais forte esse ano! Fizeram uma ótima apresentação, têm uma ótima presença de palco e, na minha opinião, tem o x factor. Isso é algo que pra mim pôde ser visto desde as auditions. Eu compraria um CD deles e torço muito pra que eles continuem!
Gabriella: Achei bem okay a apresentação, mas numa noite destas pode-se considerar que foram muito bem! Vocal ótimo, interação ótima, boa presença de palco e escolha mediana da música. Nada inesquecível, mas totalmente dentro do esperado.
Wellington: Melhor apresentação e melhor escolha de música. Não é meu estilo preferido mas sem dúvida é o das adolescentes americanas e de Demi Lovato também.


Eliminação
No episódio de eliminação, tivemos muitos jurados com bom senso, e um em especial sem a menor noção do que estava fazendo. Vamos aos resultados!

Overs:                                              Jason Brock x David Correy
Eliminado: David Correy
Aqui eu até concordei. Entre esse dois, o David Correy era o mais fraco. E eu sempre achei ele o mais sem graça de todos os overs, não adicionando muita coisa ao programa. Ponto positivo pro LA.

Young Adults:                                     Cece Frey x Willie Jones
Eliminado: Willie Jones
Novamente uma decisão acertada. Ele tem o menor apelo popular da categoria, e era o mais fraco dentre os restantes. Além disso, nunca fez uma apresentação memorável além da audition, e tinha um estilo um tanto quanto confuso. Ponto positivo pra Demi!

Groups:                                                      Sister C x 1432
Eliminado: Sister C
Mais uma vez, Simon acertou na decisão final e eliminou o grupo mais fraco. As ex-Lylas tem um apelo com o público bem melhor do que as Jigglypuffs. Fora que as irmãs não receberam muito destaque pela edição, e eram bem sem graça. Ponto positivo pro Simon!

Teens:                                                Diamond White x Arin Ray
Eliminado: Diamond White
Britney, o que você pensa que tá fazendo? Como assim você elimina uma das melhores participantes dentre todas categorias, e deixa esse Usher do Paraguai no programa? Simplesmente indignado com a sua escolha. Para mim, ela merece perder o programa só por causa disso. Infelizmente, isso significaria que as lindas Beatrice e Carly Rose acabariam indo embora logo. Mas foi uma decisão tão ruim quanto a de Nicole Flopzinger Scherzinger em eliminar Rachel Crow na season anterior.

E aqui terminamos mais uma review de X Factor! Voltem semana que vem para mais comentários sobre as apresentações (espero que melhores do que essa semana) dos nossos concorrentes. Será que Britoca vai continuar fazendo burrada? Isso só saberemos semana que vem, nos próximos episódios de The X Factor USA!
Share on Google Plus

About Bruno

Apaixonado por séries e por tudo que é novo e diferente, infelizmente não tem mais tempo para ser um seriemaníaco, desde que vendeu a alma para a faculdade. Faz faculdade de Biologia, e tenta ao máximo conciliar o curso com suas séries e, principalmente, seus realities. Começou com Harper's Island por recomendação de um amigo, e desde então não parou. Tenta manter pelo menos uma série/reality por temporada, mas nem sempre é possível, já que seu interesse por ficção e séries diferentes nem sempre é preenchido. Além disso, gosta de ir ao cinema pelo menos uma vez por semana, e assiste alguns animes quando consegue acompanhar. (@bkaozzz)
    Blogger Comment
    Facebook Comment