American Horror Story 2x13 - Madness Ends (Season Finale)



Depois de 3 meses, chegamos ao final de mais uma história americana de terror.
Passamos por demônios, ETs, assassinos psicopatas, nazistas, homens deformados e muitos outros personagens interessantes, nessa que foi uma das melhores temporadas de série de todos os tempos, na minha opinião. Sempre consistente, focada em seu objetivo, nos deixando curiosos e respondendo todas as perguntas depois, ela foi tudo o que uma série de terror deve ser. É com tristeza e felicidade ao mesmo tempo que escrevo essa review, pelo fim de uma história, mas pelo começo de outra no fim do ano, espero que com a mesma qualidade.

O episódio é uma entrevista com Lana, sobre como ela conseguiu desapropriar Briarcliff e fazer com que o sanatório fosse fechado permanentemente. E é aí que os produtores acertaram. As cenas de Lana invadindo o lugar, a maquiagem dos loucos, a cena emocionante com sister Jude, tudo foi feito da forma como deveria. Foi algo muito bem vindo para aqueles que acharam que o "horror" da série ia ser esquecido. Pra mim, Lana no meio dos loucos me deixou mais apreensivo do que muitas cenas do resto da temporada. Mas quem roubou a cena, mais uma vez, foi Jessica Lange. Vê-la aproveitando a vida com Kit e as crianças, primeiro meio louca, mas depois normal e feliz novamente, foi muito bom. Apesar de todas as maldades dela, é uma personagem que eu aprendi a amar e a desejar tudo do bom e do melhor. Com um final emocionante e que me deixou em lágrimas, ela fecha sua participação como uma das personagens mais queridas de todos os tempos, e com uma participação majestosa que eu espero que renda muitos prêmios à atriz.

Outro que teve um fim, mas não tão feliz, foi o Monsignor, agora Cardeal, Timothy. Sendo prensado na parede por Lana, ele suicida após lembrar os horrores que passou em Briarcliff e tudo de ruim que tinha feito. Foi um final interessante para um personagem religioso, já que o suicídio é a única morte sem salvação na religião católica. Foi praticamente uma recusa de tudo o que ele acreditou sua vida inteira. Kit, por outro lado, viveu uma vida feliz, casou, teve filhos, e quando estava pra morrer foi abduzido pelos ETs e sumiu pra sempre. Só não gostei disso. Gostaria de ficar sabendo o motivo que os aliens tinham para querer tanto assim o Kit. Mas isso não comprometeu o enredo e foi um final até bom pra ele. Por fim, Lana mostra que tem coragem e engana o próprio filho para matá-lo e não ser morta, em uma cena forte, que mostra como ela é inteligente e como tudo o que ela faz é premeditado e muito bem calculado.

Foi um final perfeito para uma série perfeita. O ciclo se fecha muito bem, com todas as perguntas respondidas, todas as situações resolvidas e todos os personagens tendo seu final, feliz ou não. Quem imaginaria que essa história seria ainda melhor que a anterior? Agora é torcer para que a nova temporada seja tão boa quanto essa. E você leitor, o que achou? Não deixe de comentar e até o fim do ano, na próxima temporada de American Horror Story!
Share on Google Plus

About Bruno

Apaixonado por séries e por tudo que é novo e diferente, infelizmente não tem mais tempo para ser um seriemaníaco, desde que vendeu a alma para a faculdade. Faz faculdade de Biologia, e tenta ao máximo conciliar o curso com suas séries e, principalmente, seus realities. Começou com Harper's Island por recomendação de um amigo, e desde então não parou. Tenta manter pelo menos uma série/reality por temporada, mas nem sempre é possível, já que seu interesse por ficção e séries diferentes nem sempre é preenchido. Além disso, gosta de ir ao cinema pelo menos uma vez por semana, e assiste alguns animes quando consegue acompanhar. (@bkaozzz)
    Blogger Comment
    Facebook Comment