Emily Owens M.D. 1x10 - Emily and... The Social Experiment

The ability to read men...

Restando três episódios para o fim, a série consegue me emocionar de um jeito não imaginado. O principal caso médico foi de uma sensibilidade sem tamanho, a ponto de me levar às lágrimas e me deixar muito mais indignada com o cancelamento. Este, foi o episódio em que eles assumiram - ou nem tanto; foi aquele momento em que ela sabe - quase tudo! 


Henry, 24 anos, fibrose cística, pneumonia crônica; necessita de pulmões novos ou não viverá muito. Aliás, ele ouvira isso sempre, uma vez que a estimativa de vida era de 6 meses após o nascimento. Um lutador, seus pais insistiam em repetir. Um lutador que sonhava em aprender a surfar no Havaí. Alguém de força espiritual e de vontade sem tamanho, mas que estava cansado de viver em alerta. Milagrosamente, ele consegue pulmões novos - uma vez que um paciente dá entrada na emergência e morre em seguida mas, no meio do transplante, é descoberto que ele tem câncer.

Eu não consigo explicar o quanto isso mexeu comigo e com Cassandra, por ter perdido seu irmão mais novo pelo mesmo problema. Henry era abnegado e disposto a fazer de tudo pela família, mesmo que lhe custasse o "resto da vida" num leito de hospital. Dr. Kopelson, numa atitude bela, conversa com os pais do Henry que resolvem priorizar o filho e perguntar o que ele realmente gostaria de fazer: viver! Ainda que não fosse muito, mas ele iria colocar 'os pulmões pra funcionarem'... 

E quando focamos no futuro e esquecemos de viver o presente? Exatamente essa a rotina da Duroux, uma senhora diabética com sintomas distintos, além de ser taróloga. Ela faz previsões que deixam Emily pensativa sobre a própria vida, mas acaba prevendo que irá morrer em 24h. Consequentemente, tem um ataque cardíaco e, pra sorte dela, a previsão estava errada; ou como ela mesma disse, "passou perto". A relação dela com o filho é complicada, ao passo que ele internaliza as previsões da mãe e, mais uma vez, Dr. Owens o mostra que mães são muito parecidas, sendo psíquicas ou não. Percebi uma mulher solitária pela resistência do filho na sua crença e acredito que as cartas quem a deixam sã, viva, ocupada.  E, de certo modo, tudo é uma questão de acreditar... ou não.

Partindo pra assuntos fora do prontuário, Tyra ensina Ems a flertar. Primeiro um gay, depois um garanhão insistente, tudo pra testar os sentimentos do Will. To be jealous or not to be... this is the question! A troca de mensagens entre elas foi hilária e vejo quão amadurecida está a amizade das duas! Temos médico novo no pedaço: Dr. Aquino, seja bem vindo, coisa linda! E, de quebra, descobrimos que Dr. Bandari não era tão 'sem vida pessoal' assim, né? Sabia que havia algo mais naquela resistência toda pelo retorno do Aquino. Só não entendo é o fato de se buscar consertar as coisas quando tudo está destruído. E, infelizmente, acho que o casamento dela não dura por muito tempo. Pausa pro momento awkward do episódio: Gina, o marido e Emily no elevador. Cerejinha do bolo: "you're married? Oh, that's..."

"Emily and... The Social Experiment" enfim, nos traz as certezas do triângulo anunciado desde o Pilot. Will foi ajudar a amiga com uma estante de livro e acaba dormindo no sofá, pede a Emily que não conte a Cassandra porque ela sentiu ciúmes da reação dele no 'blind date' com Scott. Ela, que sabe 'ler os homens', confirmou o que Collins não percebeu ainda, mas deixou bem claro ao pegar na mão da namorada apenas pra não se 'comprometer'. "He likes me!" - repete Ems no telhado e eu não faço ideia de como ela lidará com todos esses pensamentos sobre um sentimento que poderá se corresponder. Por outro lado, Micah conversa com seu amigo Aquino que, acabou de chegar, mas já sabe o óbvio: ele gosta da Owens. "He has no idea", responde Micah Mouse quando questionado e já deixou o aviso que está solteiro. Como ele demonstrará seu interesse em Ems eu ainda não sei, mas já escolhi meu lado! Só espero que Emily não seja precipitada ao agir com base naquilo que apenas supõe. Já escolheram? Team Micah ou Team Will? Sou EMICAH!

Restam 3 episódios pro fim. E meu coração já está cheio de saudade.
Share on Google Plus

About Vanessa Reis

Hey 23, call me! (@neereis)
    Blogger Comment
    Facebook Comment