Freaks Watch On - O que eu assisto!

Novos colaboradores, nova rodada de Watch On. Quem começa essa segunda rodada é Elleri, que cobre Nikita. Confira!




Primeira série: a primeira série eu comecei a assistir realmente, que me fez entrar nesse vício, foi Lost. Tudo começou porque em Janeiro é o mês em que o meu pai está de férias, então sempre assistimos filmes em casa e tudo mais. Numa dessas férias fomos alugar uns filmes e resolvemos, então, alugar as duas primeiras temporadas de Lost disponíveis. Fizemos uma maratona, e desde então a paixão por séries só cresceu. Mas antes eu já tinha um amor pela Xena também, mas Lost foi o início do meu casamento com as séries.


Melhor série: poderia ser “melhores séries”. Eu cito Breaking Bad. A série é incrivelmente fantástica. A gente consegue crescer junto com os personagens. É todo um pacote que torna Breaking Bad a melhor série. Atores, direção, fotografia, produtores... nossa! É tudo tão sincronizado, tão contagiante, que não consigo descrever. Só consigo me surpreender com Breaking Bad.


Série preferida: sem pensar muito: FRIENDS! Provei todos os sentimentos possíveis com a série. Com os personagens fui capaz de chorar, amar, rir, odiar... e todos os outros sentimentos possíveis. Friends é aquele tipo de série que todos devem assistir com a garantia que não vai se arrepender. E confesso: chorei e choro toda vez que assisto o último episódio.
Pior série: não consigo escolher uma pior série. Se eu não gosto, paro ali no piloto mesmo. Ou seja, fica complicado eu poder eleger uma pior sério. Mas, das quais eu assisto, não sei o motivo que me leva a assistir Revenge. Comecei achando a série um 6, hoje já ta em 2 e não sei porque eu continuo.


Quero voltar a assistir: Fringe! Parei na segunda temporada porque a série estava um tédio, mas mesmo assim eu ainda assistia. Depois eu viajei, e só voltei 1 mês depois. Pronto, não consegui mais voltar assistir. Espero que neste ano eu volte a acompanhar, mesmo ela já finalizada. E, por mais que eu tenha achado um tédio a segunda temporada, penso em voltar assistir porque a primeira temporada foi demais.


Poderia virar filme: Então, esse ano termina Dexter, mas já to com saudade. Tudo o que eu mais quero é um filme depois que a série terminar. Como? Não sei! Vai que o Dexter consiga fugir nessa última temporada, e isso dê o gancho pro filme, não sei. Ou, quem sabe, o filme mostre um Dexter mais jovem, na faculdade. Enfim, só sei que quero um filme de Dexter.


Não quero que acabe nunca: The Big Bang Theory. Eles poderiam assinar um contrato, enquanto vivos continuarão a gravar a série. A série é simplesmente única, amor na primeira temporada. Não me importo em acompanhar a série por mais uns 20 ou 30 anos. Sheldon <3


Se minha vida fosse uma série: Com toda a certeza Friends. Acho que em outra vida fomos irmãos, não sei. É incrível aquela sensação de ser quem você é com seus amigos, a família que você escolheu. A gente xinga, bebe, grita, briga, ama, odeia, fofoca, estuda tudo junto. Por eles sou capaz de fazer tudo.
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment