Grey's Anatomy 9x11 - The End is the Beginning is the End


Quanto está valendo essa temporada de Grey's Anatomy?

É impossível dizer que Shonda Rhimes não está acertando nesses últimos episódios. Vejo muitas criticas negativas sobre o desenvolvimento da história, muitas que eu mesmo compreendo e até concordo, mas na maioria das vezes isso acaba sendo uma birra gratuita com a série.

Fato é que Grey’s Anatomy foi afetada negativamente pela perda excessiva de personagens através da morte dos mesmos. Levando isso em conta seria obvio de que não veríamos a mesma série que nos conquistou lá na segunda temporada. Mas tudo feito até esse episódio foi bem coerente com os acontecimentos do ultimo final de temporada, a trama está conseguindo se movimentar bem e seguindo por um caminho natural dos fatos.

O processo sobre o acidente de avião é um dos assuntos que há oito episódios eu não diria que seria uma boa coisa, mas hoje eu vejo que estão sabendo trabalhar tudo isso muito bem. O peso de uma indenização de 15 milhões é grande, ainda mais agora que o hospital é quem terá que pagar essa divida para uma das vitimas. No caso, a atitude impulsiva de Arizona em trocar de lugar com Karev em cima da hora vai custar bem caro. Acho uma boa trama para a personagem que pode acabar renunciando a indenização para salvar o hospital, ou até mesmo todos os envolvidos no acidente podem acabar se juntando para salvar o seu local de trabalho com o dinheiro.

No meio dessa grande trama que promete movimentar e ser a principal da temporada (afinal já estamos no episódio onze e isso tudo parece que não vai acabar tão cedo) temos Cristina nessa relação estranha e sem definição com Owen. Eu na verdade não consigo entender muito bem, de cara o que parece é que ela não nasceu pra ser casada e que qualquer relação que ela venha a ter só vai dar certo se for fora do matrimônio. Não sou e nunca fui muito a favor do casal, mas Cristina está em sua melhor fase. Gosto muito do humor da personagem, chega de dramas carregados envolvendo casamentos e abortos.

Meredith é outra que está em uma boa fase. A história da gravidez é muito simples e agora ela finalmente se sentiu a vontade para contar sobre com os colegas do hospital. Mas essa calmaria na vida dela e de Derek (que segue se recuperando bem da cirurgia de sua mão) me dá um pouco de medo pelo que titia pode fazer mais pra frente. Qualquer coisa que venha em relação ao casal definitivamente não será novo, pois eles já passaram por tudo o que tinham que passar. Acredito que a única coisa que ainda não existiu entre eles foi uma doença grave e devido ao histórico da personagem isso pode acabar acontecendo.

Pra minha surpresa, um elemento chamado Karev e sua história no episódio me agradaram, mesmo sendo a menor de todas. A relação dele com Jo Wilson é uma das coisas que eu menos esperava e jurava que eles tinham transado depois do casamento de Bailey, mas isso não aconteceu e é o que acaba se tornando mais legal da relação dos dois. Vejo um Karev caidinho de paixão por ela que de inicio resistirá temendo estragar a amizade criada entre eles.

PS: Entendo o luto de Richard, mas isso poderia ter sido superado durante o mês que passou após o casamento.

PS²: Bailey e suas aventuras sexuais atrapalhadas só são realmente engraçadas quando Callie solta uma gargalhada.

PS³: Falando em Callie, que discurso perfeito foi o que ela fez no jantar. Como não chorar quando essa mulher chora. Sara Ramirez mais uma vez dando um show de interpretação.
Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment