Pretty Little Liars 3x15 - Mona-Mania


Bem vindos ao estranho mundo de Mona!

Para aqueles que acreditaram nas palavras de Mona no episódio anterior, devem ter levado um baita susto, já que a vilãzinha provou ser mais malvada do que antes. É incrível o quanto ela é cara de pau. Além de se fazer de boazinha, tentar reatar a amizade com as liars, ela ainda quis roubar o lugar da Spencer como Capitã do Time de Decatlo. Ela tentou de tudo e com a carina de cachorra arrependida conseguiu enganar os outros membros, menos Spencer que foi a luta e tentou pegar o seu merecido lugar. Infelizmente Mona acabou vencendo de uma maneira bem suspeita e Spencer se viu caindo ladeira abaixo. Tenho certeza que minha liar favorita irá dar um jeito na situação e entrar em Yale. Sem mencionar que curti o rapaz do clube. Talvez um novo namorada para ela, caso Toby seja mesmo malvado.

Já Hanna conseguiu grandes avanços em sua investigação. Primeiro ela conseguiu perceber que era Lucas quem estava escondido no porão da escola no começo do episódio e ainda descobriu que Mona o chantageava e o motivo. Ok, tenho que confessar que é estranho ter sido o Lucas. Não sei não, algo me diz que foi o Toby e que Spencer sabia disso, pois caso contrário qual seria o propósito dela não ter desmascarado-o se estava bem próxima a ele ("A") no momento do flagrante? Mas vamos acreditar que Lucas esteja dizendo a verdade. Bom, se o que ele disse for verdade, Hanna conseguiu um grande avanço e ela ter enfrentado Mona só prova o quanto ela amadureceu e o seu relacionamento com Calleb tem ajudado muito. Ah, senti saudades dele neste episódio.

O lenga-lenga da história Emily e Paige só serviu mesmo para encher de linguiça o episódio. Esta história de que Paige tem medo de sair à noite e entra em pânico, como fobia de lugares que não sejam a casa dela, é muito estranha. Principalmente porque o sequestro, que foi infinitas vezes pior que o Halloween, já se passou há algum tempo. Mas que foi estranho Toby como "A" ter cortado o pneu da Paige, isso foi. Será que foi intencional ou há mais coisas por trás desta história. Achei interessante terem 'criado' um chefe para  o Toby, principalmente porque consegue encobrir tudo o que ele possa fazer como membro do Team "A".

E novamente fomos levados a crer que o pai da Aria tenha sido o verdadeiro assassino de Alison. Se ele realmente a matou, será uma ótima história. Mas como tudo que acontece em PLL não é o que parece, não duvido nada que "A" esteja tramando para cima dele. Aliás, se realmente "A" estiver tramando algo para ele, justifica muito bem a cena final do episódio, que prova mais uma vez que Mona nunca saiu da ação como membro do Team "A". E eu gostei bastante da conversa entre Aria e Meredith, se bem que achei muito suspeito a Meredith ter encontrado os papéis do diário de Alison na escrivaninha da Aria. Falando nisso, eu entendi errado ou a Meredith tá mesmo passando uns dias na casa da Aria? Muito suspeito isso. E eu não beberia o chá com as "poções mágicas" que a ex do meu pai faria para mim!
Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment