Private Practice 6x12 - Full Release



Estamos a um episódio do series finale. 2 dias, pra ser mais exata. E tudo o que Shonda tá conseguindo com essa última temporada é mostrar que Charlotte é uma diva e que é uma p*ta injustiça KaDee Strickland não ter ganhado um Emmy sequer.

Finalmente chegou o dia de ver Char sair do perrengue que foi sua gravidez. E que dia, viu. Pra começar, se antes ela já estava toda trabalhada na bitchiness, imagina a mulher durante as sofridas horas de trabalho de parto.  :o

Começou já chutando o balde com todos que esperavam o parto e davam palpite no nome dos bebês. Depois com a coitada da Stephanie, que precisava descansar depois de uma noite inteira de plantão. Achei fofo por que ela se importa muito com Stephanie e vice-versa, tipo quase amigas.

Cooper tava muito lindinho pirando com Mason sobre precisar ir ao encontro da casa mas não podia se afastar de Char no parto, e também não podia deixar de ir no encontro da casa por que daí não teriam uma casa pra família gigante morar. E o Mason todo entendido do mercado imobiliário e dando conselhos sensatos para o pai foi muito fofo.

Achei meio desnecessário aquela sequência de “conversas” com Georgia no berçário. Mas serviu pra mostrar que a filha deles é linda, que Sam anda até bom de conselhos de vida, Amelia ainda está um pouco traumatizada com a perda do bebê de Ryan, Jake ainda está brigado com sua filha e que Violet não ama mais Pete, mas tem medo de se envolver.

Também achei desnecessário todo aquele lenga-lenga do encontro de Cooper com o outro casal que queria comprar a casa. Senti que aquelas ficaram tão extensas que pareceu muito forçado. Mas que bom que no final da coisa Cooper saiu correndo pra dar assistência à esposa no parto, a dona da casa ficou comovida e acabou lhe dando a chance de comprar.


E voltando pra Char, eu choreeeei de rir quando Violet entra no quarto dela pra chorar escondida, ela tá tendo uma contração e fala “This a big one. This is a double platinum of contractions. Otherwise I’d come help you”. E ficou uma tentando ajudar a outra naquela situação tosca.

Falando em Violet, eu jurava que ela ia ficar com o cara da livraria. Principalmente depois do conselho de Sam (que foi um ótimo conselho, btw). Em vez de se jogar no amor, ela chega no cara e fala que não tá afim de se envolver agora e vai escrever outro livro e tal. Pô, Shonda, deixa a mulher ser feliz.

Foi sofrido, mas as bebês de Char e Cooper nasceram saudáveis e, meldels, como são fofinhas! E agora todas elas tem seu nome: Georgia, Caroline e Rachel.

Aí ainda tem Addison padecendo com aquela história da assistente social ter desconfiado de Jake na última visita de Henry. Na hora H da audiência de adoção, a mulher enviou uma carta dizendo que não acha Jake muito confiável. Pensei que o juiz daria somente duas opções: largar Jake ou desistir de Henry. E tava jurando que ela consideraria deixar o noivo. Mas fiquei surpresa quando Jake foi conversar com o juiz. E me espantei mais ainda quando ele diz que se for pra manter mãe e filho juntos, ele a deixará. E ele conseguiu fazer com que o juiz fosse mais maleável e desse a adoção definitiva a ela. Agora é só esperarmos pelo casamento.

Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment