Project Runway 11x01 - There Is no "I" in Team



A Lifetime, depois de perceber que o reality é muito rentável para eles, decidiu fazer várias temporadas seguidas e exibir Project Runway o ano inteiro. Mas se fosse sempre igual, sem dúvida em menos de 2 anos a fórmula já estaria totalmente desgastada e eles perderiam um dos carros chefe da emissora. Com isso, uma nova twist foi inventada: Group Challenges. A temporada inteira, eles competirão em dois grupos diferentes, pré-selecionados pelos produtores do programa, e serão avaliados como um grupo e individualmente. O time com a menor nota geral, somando a nota de todos os participantes contidos nele, perde e uma das pessoas é eliminada.

A fórmula, apesar de estranha e diferente do que tivemos até agora, surpreendeu e funcionou muito bem! Graças à falta de habilidade de alguns, o time inteiro pode ser puxado pra baixo, e com isso brigas e discussões podem acabar surgindo. À exceção de algumas pessoas, todos parecem ter personalidades bem fortes e não gostam de trabalhar em grupo, o que também pode render alguns atritos. Outra novidade muito bem vinda foi a avaliação com Tim Gunn. Se antes tínhamos somente ele dando suas opiniões sobre os designs, agora o todos de um mesmo grupo ajudam a avaliar seus colegas. Com isso, o nível aumentou consideravelmente, como poderemos ver mais pra frente na avaliação da runway. Porém, só uma novidade me pareceu estranha: apesar de serem grupos, não precisam fazer algo coeso, tipo uma coleção. Se isso acontecesse, poderia ser bem mais interessante e fazer o nível subir mais ainda. Mas isso não comprometeu o resultado final, que foi bem positivo e parece trazer uma temporada bem melhor do que as anteriores. O desfile também mudou, com a participação de Zac Posen, que parece ser tão ácido e crítico quanto Michael Kors, mas sem o diferencial de analogias bizarras. Vamos ver como eles se saíram:

Time Keeping it Real(Sem dúvida, time vencedor)

Stanley
Simples, bonito, bem construído, mas num sou muito fã do tecido azul super brilhante que parece pele de cobra. Me lembrou algo meio anos 70/80, e não exatamente algo moderno e diferente. Porém, acredito que se estivesse no grupo perdedor teria ficado safe.

Kate
Eu gostei muito da construção do vestido, achei bem bonita, mas eu ODIEI o tecido. Parece o tapete da cozinha aqui de casa.  Além disso, não vejo nada de New York nessa roupa. Ela deu sorte, se estivesse no grupo perdedor, estaria entre os piores.

Richard
Da primeira vez que eu vi não achei nada de especial, mas depois passei a pegar gosto por ele. Parece tão confortável e tão gostoso num dia de calor numa cidade grande. A proposta de assimetria também foi bem executada, o que é algo difícil. Sem dúvida top 3.

Patricia
Eu fiquei em dúvida entre qual foi o melhor look, esse ou outro dois que vou falar mais pra baixo. Todo mundo criticando o fato de ela estar pintando o tecido, mas ela conseguiu transformá-lo em algo moderno e diferente, que eu pelo menos nunca vi antes. O toque de azul aparecendo quando as "janelas" se abriram deixou o vestido ainda mais especial. A estilização também foi ótima. Acredito que ela ainda vai surpreender bastante.

Amanda
Mais uma que deu sorte por estar no time vencedor. Se você não sabe fazer uma calça, não faz! Ela não servia direito na modelo, ficou totalmente torta e até aquelas aberturas no tornozelo, que eu só reparei agora, ficaram estranhas. O top assimétrico é bonitinho, mas não é nada de especial mas não faria ela escapar do bottom.

Layana
Nossa brasileira fez um Little Black Dress muito bonitinho e bem interessante. Deu um ar mais jovem com aquele decote diferente e as costas abertas com o trançado bem feito. Apesar de não ser nada novo, ficou bom. Seria safe, se seu grupo fosse o perdedor.
Joseph
Esse foi salvo totalmente por seu grupo. Parece que ele pegou um monte de pano de chão, de trapo e de toalha e foi prendendo um no outro, pra montar o vestido. Não se movimentava bem, não é bonito e nem moderno. Teria saído se não estivesse no grupo vencedor.

Daniel
Empatado com Patricia e outro look ali embaixo, como melhor da noite. Fazer roupa social bonita não é fácil, mas ele conseguiu um ótimo trabalho dando uma twist bem moderna com aquele tecido soltinho na cintura. Tanto o terninho quanto a calça mais curtas deixaram o look mais leve, de forma que ele pode ser usado facilmente nas ruas. A estilização também foi perfeita, sem exageros.

Time Dream Team(Sem dúvida, time perdedor)

Matthew
Um dos melhores looks do time dele, bem adolescence/young adult mas ainda assim muito bonito. Eu sou fã de saia abajur por achar que sempre favocere o corpo da mulher, afinando a cintura, e o top foi perfeito para acompanhar uma saia chamativa dessa. Top 3, se estivesse no grupo vencedor.
Samantha
Eu não sei até agora se gostei ou não do vestido. Conforme ele andava na runway eu adorei, mas vendo em fotos ele não é tão bonito assim. Mas o que são esses sapatos? Não combinam em nada com o resto do look. Se fossem pretos ou azuis, seriam mais interessantes e poderiam fazer esse look ser top, se o time vencesse.

Tu
Empatado com Daniel e Patricia como o melhor da noite. Vocês não imaginam minha cara de choque quando ela virou e eu vi que atrás era de outra cor. Foi um look perfeitamente simétrico, que não nos deixava ver a surpresa antes do tempo, e bem moderno. Bare midriff(barriga de fora, com um linguajar mais chique) tá super na moda e a roupa dele favorece muito bem o corpo da modelo. Seria o vencedor, se não estivesse no pior time.

James
Alguém prende essa modelo! Ela assaltou o armário da minha vó! Tenho certeza que já vi uma roupa igualzinha a essa lá dentro. A saia é terrível com essa combinação de cores e esse rosa desbotado, o top foi pessimamente construído e tava todo torto e estranho, e a bolsa só deu o toque final na breguice completa. Se não tivéssemos o look seguinte, ele seria o eliminado.

Emily
Pior que olhando assim, não é de todo mal. Mas ela simplesmente não tinha um look. A saia foi feita pela Cindy, ela juntou uns trapos pra fazer a jaqueta, e o top é uma placa de tecido na frente com fitas pra amarrar. Ela conseguiu passar o Mitchell S6 como o look mais hediondo a aparecer numa runway. Tem nada que se salve aí, mereceu sair.

Benjamin
O vestido do Joseph melhor construído, mas ainda assim não é bonito. Continua parecendo que ele pegou um monte de lenços e foi costurando um em cima do outro. Algo assim, com várias partes que você vai montando tem que ser muito bem feito, senão fica estranho e parece que foi um erro. Ainda assim, tem coisas piores no time dele. Safe.

Cindy
Alguém me explica o que isso tem a ver com Nova York? Não entendi até agora. A faixa xadrez no meio foi totalmente mal colocada, não precisaria estar ali. O vestidão também ficou horrível com essa estampa e não tem nada de design. Mostrou que é uma ótima costureira, mas pra mim tá faltando algo especial e diferente. Porém, foi melhor do que os outros dois, então merece continuar, mesmo sendo bottom.

Michelle
Adoro gente que pensa com funcionalidade. Apesar do que todos estão falando, eu não achei ele de todo mal. O vestido por baixo é lindo e bem construído, e apesar das faixas cruzadas poderem ser tiradas, foi algo diferente e funcional que toda mulher poderia ter no guarda roupa. Então, pra mim, ela é top 3 do time dela.

Finamente, concordei com os jurados. Apesar disso, a Emily tinha um dos melhores portfólios e um grande potencial. Porém, não sabe trabalhar com prazos curtos e acabou se ferrando por causa disso. Pelo menos o nível dos candidatos dessa temporada é um dos maiores de todos os tempos, o que promete algo bem divertido e que vai me fazer ter vontade de acompanhar. E você leitor, o que achou? Não deixe de comentar, e até semana que vem, no próximo episódio de Project Runway!
Share on Google Plus

About Bruno

Apaixonado por séries e por tudo que é novo e diferente, infelizmente não tem mais tempo para ser um seriemaníaco, desde que vendeu a alma para a faculdade. Faz faculdade de Biologia, e tenta ao máximo conciliar o curso com suas séries e, principalmente, seus realities. Começou com Harper's Island por recomendação de um amigo, e desde então não parou. Tenta manter pelo menos uma série/reality por temporada, mas nem sempre é possível, já que seu interesse por ficção e séries diferentes nem sempre é preenchido. Além disso, gosta de ir ao cinema pelo menos uma vez por semana, e assiste alguns animes quando consegue acompanhar. (@bkaozzz)
    Blogger Comment
    Facebook Comment