Supernatural 8x10 - Torn and Frayed


Um último ultimato em Supernatural.

Depois de um hiatus e de um começo de temporada que prometia muito, Supernatural retorna com episódios inéditos na esperança de que a série reconquiste aquele brilho que já teve um dia. Por mais fã de Supernatural que eu seja, tenho que admitir que a história está se arrastando e me pergunto se talvez não seja melhor encerrar a série antes que vire mais uma piada na CW. O episódio foi um pouco melhorzinho, mas poderia ter sido mais, afinal tivemos Crowley, Castiel, Benny e Kevin tudo ao mesmo tempo no episódio. Infelizmente deu a entender de que tentaram dar uma solução para apaziguar o relacionamento entre Sam e Dean.

Fiquei feliz quando vi que Dean não iria ceder e pela primeira vez iriamos ver os dois irmãos separados de fato. Infelizmente, como sempre, as briguinhas deles foram resolvidas e os dois voltaram a caçar juntos. Tudo bem que Castiel praticamente os uniu de novo, mas que isso já virou clichê na série, isso virou. Adorei ver um Castiel mais ativo, embora continue sendo manipulado por Naomi. Outra coisa que realmente chocou neste episódio e que deve ter sido o ponto alto foi descobrir que Cas pode estar sendo manipulado, como se tivessem feito uma lavagem cerebral nele.

E como de costume, Crowley apareceu para roubar a cena e descobrir que existe uma tábua dos anjos. Medo do que possa ser revelado, caso Crowley a encontre antes dos irmãos Winchesters. Não foi desta vez que eles descobriram sobre isso, mas não duvido nada que logo logo eles acabam ouvindo falar sobre esta tábua. Agora que um Kevin mais sério e concentrado em seu trabalho em decifrar a metade da tábua dos anjos, a história em torno do fechamento do portal dos infernos ganha mais destaque. Claro que ainda falta muito para que esta história seja solucionada, mas pelo menos dá aquele ânimo de continuar acompanhando as aventuras dos irmãos Winchesters com seu fiel anjo, Castiel.

O fato de enrolarem um pouco o resgate do anjo Samandriel (o Alffie) e com a história de Sam com a namoradinha dele só prova que os roteiristas precisam agir rápido antes que o público e os fãs se enchem com o seriado. Eu jurava que o Sam voltaria correndo para sua namorada, mas no final ele acabou escolhendo o irmão, assim como Dean deixou Benny de lado para tentar mais uma vez se aproximar de Sam. O meu medo é que Benny acabe cometendo alguma loucura e, no final, Dean se revolte com Sam. Mas o que eu mais quero e espero durante estas 8 temporadas, é uma batalha final entre Dean e Sam. Adoro os dois trabalhando juntos, mas todos nós sabemos muito bem que enquanto eles não resolverem todas as pendências, irão enrolar muito em Supernatural. 
Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment