The Carrie Diaries 1x03 - Read Before Use

Mostrando seu poder.

No episódio dessa semana, embora tenha sido bom, senti uma leve decaída -comparado aos anteriores. Porém, não podemos negar que o carisma que nos foi apresentado incialmente, permaneceu evidente em "Read Before Use". Sem contar, na dose de humor que esteve elevadíssimo.

O ponto mais interessante do episódio, foi a abordagem sobre rótulos. Afinal, ninguém gosta de ser taxado de algo, mesmo que as pessoas insistam em fazê-lo. Cada qual, possui sua singularidade, e só quem nos conhece verdadeiramente, pode enxergar o nosso devido valor. Foi mais ou menos desse jeito, que o episódio tratou o assunto. Começamos com Carrie, anallisando todos à sua volta,  e encaixando rótulos para cada. Já no final, não conseguiu fazer o mesmo com seu pai, pelo simples motivo de conhecê-lo o bastante, e estar consciente que isso, vai além de qualquer julgamento.

Se no episódio anterior, Dorrit estava começando a me agradar, nesse conseguiu regredir. Não só ela, como Maggie também. E já não bastasse, foi necessário os dois plots se amarrarem. Uma junção boring e desperdiçável. Maggie por não conseguir convencer como drama queen, e Dorrit revoltada com tudo e todos, é exaustivo. Único salvo, é Morrissey.

Carrie, bem que tentou, mas seu pequeno envolvimento com Sebastian, teve o fim neste episódio. A reação dele, apesar de ser compreensível, foi demasiada. Até porque, boa parte desse exagero ao saber o que Carrie havia feito, são apenas desculpas. O casal não tem futuro, e pelo visto, logo saberemos os reais motivos.

E o prêmio de Atriz Coadjuvante Master Fofa, vai para....Mouse! Mesmo com poucas cenas, a personagem vem ganhando seu destaque. E poder vê-la com Carrie em Manhattan, foi sem duvidas, uma das melhores coisas do episódio. O evento, era um tanto constrangedor, mas a cara das duas ao se darem conta, foi o ápice do hilário. Apesar de tudo, Mouse conseguiu se resolver com Seth, e ser declarada como almejava: namorada. Enquanto isso, Carrie foi confrontada por Monica Penny (risos internos), para mostrar seu poder, e dignamente mostrou mesmo. Principalmente, para Larissa. Que, muito embora, tenha devolvido a bolsa, ainda sinto que confusão é seu sinônimo.

Ver um homem comprando absorventes, é estranho. Mas, ver um pai víuvo fazendo o mesmo, atrai mulheres e seus telefones. Foi, o que o pai de Carrie descobriu neste episódio, e assim como nós, ficou surpreso. Pelo visto, não esta a fim de usar a tática como sedução. Sinceramente, meu conceito pelo personagem - que já era bom- só evolui em cada cena.

- Senti falta de Walt.
- Não senti falta de Donna.
- Por mais cenas focadas em Mouse!
Share on Google Plus

About Caroline Lustoza Boos

Cinéfila assumida. Apesar de colecionar séries, One Tree Hill ocupa maior parte do seu coração. Apaixonada por todos os filme de Alfred Hitchcock. Consumista por séries, filmes,livros, bonecos e afins. Sonha em rodar o mundo. É mãe de 3 gatos, porém, se pudesse teria muito mais. É reservada, mas quando faz uma amizade de verdade, leva para a vida inteira. (instagram/snapchat: @cahlboos)
    Blogger Comment
    Facebook Comment