Parks and Recreation 5x10/11 - Two Parties/ Women In Garbage



É dia da despedida de solteiro.

Parks and Rec voltou para 2013 com um episódio super divertido, dando continuidade ao plot do casamento de Leslie e Ben. A gente sabe que uma das ultimas coisas a se fazer quando está prestes a se casar é preparar uma forma de comemorar os seus derradeiros dias de solteiro. Era de se esperar que o planejamento de Ben fosse a coisa mais chata e entediante possível. Tomar cerveja e jogar jogos de tabuleiro não é bem uma despedida de solteiro digna, lembrando de que ainda tinham alguns episódios de Homeland gravados no DVR.

Mais divertido do que ver a chatice de Ben foi ver o pessoal dar uma sacudida na situação e formular uma despedida de solteiro para todos ali que não tiveram as suas antes de seus casamentos. Tudo funcionou muito bem no ambiente em que cada um requisitou estar, principalmente na boate aonde tinham as bebidas mais estranhas já vistas.

Com Leslie as coisas não deram muito certo. A festa até que foi bem planejada por Ann, mas a preocupação de Leslie acabou estragando a noite das meninas, mesmo assim não deixou de ser divertido.  Mas a situação estava tão critica que até o streaper contratado por elas acabou a noite desenterrando artefatos antigos colocados pela própria Leslie em um terreno com o intuito de parar as obras de seu adversário.


Apesar das qualidades de “Two Parties”, “Women in Garbage” veio com muito mais potencial e conseguiu ser bem mais divertido. A começar pelo desafio de Leslie e April trabalhando no caminhão de lixo da cidade, tentando provar que mulheres também são capazes de fazer serviços pesados. É impressionante que tudo com o toque de April me agrada. A personagem é tão sem noção que ela pode fazer qualquer, digo qualquer coisa mesmo que sairei satisfeito e rindo da ocasião.

O mesmo se implica a Ron que incluiu Ann em seu plot essa semana. A relação dele com Diane está cada vez mais séria e tomar conta de suas filhas acaba tornando isso muito mais visível. Adorei a falta de jeito de Ann e Ron com as garotas no inicio, mas o que valeu o momento foi descobrir que Ron e Diane finalmente assumiram os verdadeiros sentimentos que sentem um pelo outro.

A minha reclamação mais uma vez é de Tom. Certas situações com eles não funcionam e se tornam forçadíssimas e nessa semana isso não foi diferente. Sinto que se esgotou o numero de possibilidades para o personagem e não me incomodaria se em algum momento ele desaparecesse do departamento para dar lugar a plots de alguém como Dona, que sem dúvidas traria muito mais divertimento pra série.


Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment