Spartacus: War of the Damned 3x02 - Wolves at the Gate



A continuação do que será o drama final segue se desenvolvendo de forma interessante.

Neste episódio ninguém além do “pouco” conhecido como Gaius Julius Caesar, confesso que não conheço detalhes das façanhas do mais popular “Júlio César”, mas ver ele se comportando como um animal foi um tanto decepcionante. Porém como eu disse antes trata-se apenas do futuro ou não imperador de Roma, então acompanharemos de perto a evolução deste personagem.

Esse episódio embora com um nível de ação menor do que o de costume, não deixou de ser excelente. Mostrando mais uma vez que diferente dos demais romanos enviados ao encontro de Spartacus para morte certa, Marcus Crassos fará tudo diferente, ele de fato chegará ao campo de batalha a altura do desafio. Quero confessar que passo horas pensando em todos os possíveis finais para essa temporada, porque não consigo imaginar nada menos doloroso e terrível para o desfecho da Terceira Guerra Servil. Onde segundo o que a história nos conta foi um verdadeiro massacre. Mas, esse é um assunto para outra ocasião. Então voltaremos ao episódio...

Foi muito interessante perceber que na verdade o par romântico de Marcus Crassos é a escrava Kore, e também já pude perceber que pela reação dele ao flagrar Julius e ela assim a do próprio Julius e perceber a existência de tais sentimentos que isso será um fato importante nesta temporada, talvez ela seja uma possível fraqueza a ser explorada pelo Julius, que confesso que seria capaz. Pois o homem não apresentou respeito algum desde o momento que pisou na casa de Marcus. Assim como os inimigos de Crassus, mas enfim... O que sabemos é que ele possui tal importância que será levada a guerra para fazer companhia ao seu Dominus. Arriscado!

Já quanto à ideia de instalar o exército em uma cidade por um lado é uma forma de mantê-los seguros do inverno que chegará, porém sem vazão para uma possível fuga. Ou seja, estarão sempre encurralados, mesmo quando protegidos pelas solidas paredes que Sinuessa en Valle e seus portões. Seriam milhares de soldados romanos sedentos por sangue e vingança a esperar do lado de fora. Outra parte que acredito que mudará bastante com o desenvolver desta temporada final.

E por fim falo novamente do Tiberius, que misteriosamente foi honrado pelo seu pai com o título de liderança frente à batalha contra Spartacus. Não sei se ele pretende sacrificar o próprio filho ou se de fato acredita no potencial do garoto. Eu gosto de acreditar na primeira opção.

O ponto fraco deste episódio foi à cena em que o Gannicus salva e liberta os escravos, o momento em que ele parece foi uma cena ridícula, parecia até o próprio Kal-El aparecendo para salvar o dia. E obviamente a escrava presente nesta cena fará par romântico com ele, isso me pareceu bem claro.

E a pergunta que ficou no ar certamente foi: Porque manter romanos presos, qual será o real propósito disso?

PS - A Lucretia me faz muita falta. Era a minha personagem favorita...
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment