The Vampire Diaries 4x12 - A View to a Kill


O dia em que Elena e Jeremy Gilbert conseguiram meu respeito.

Parece que os dias de reclamação sobre os rumos de The Vampire Diaries acabaram, pelo menos é isso que eu espero. Antes o descontentamento era com a lentidão da única trama prometida nesse quarto ano, mas agora as coisas deram uma boa agitada e o que deve vir a seguir me deixa bastante animado para essa segunda metade da temporada.

Começo falando sobre o plano de Elena em querer matar Kol porque finalmente ela fez algo bom desde que virou vampira. Foi bom ver que o triângulo amoroso dos protagonistas acabou bem em segundo plano e que o que agitou o episódio ficou centrado apenas na mitologia da série. Todas as cenas entre os irmãos Gilbert e Kol tiveram uma grande força no episódio, principalmente o momento em que eles lutam com o vampiro e no final o matam. Klaus desolado por causa disso também define muito o que pode acontecer daqui pra frente. Agora começa a grande caçada pelo local onde Silas e a cura se encontram. Eu particularmente gosto dessa acelerada na história que parecia que se estenderia até o final da temporada.

Outra coisa que tem potencial é o aumento dos poderes de Bonnie. Demorou para a personagem ser realmente uma ameaça para os vilões da série, ou pelo menos tentar ser, e agora que essa hora chegou quero muito ver esse lado mais dark da personagem. O feitiço que prendeu Klaus, mesmo sendo por tempo limitado mostrou o quanto Bonnie está bem mais forte do que antes. Não gosto muito do envolvimento do pai dela que chegou do nada nisso tudo, mas não podemos esquecer da cota de personagens chatos para tentar atrapalhar as coisas.

Se analisarmos bem todos os personagens que eram bem irritantes estão caminhando para sua melhor forma. Além de Bonnie que eu já mencionei, temos Jeremy que desde o inicio da temporada vem melhorando com esse lance de ser o caçador e até Stefan (que de 9 entre 10 fãs da série reclamam) também ficou mais interessante agora que ele se juntou com Rebekah. Se ele se tornou um pouco mais egoísta e menos meloso, Rebekah acabou se mostrando mais vulnerável com a declaração de que ela quer sim a cura e um dia ter uma família. O grande problema é que todos querem essa chance de eliminar o vampirismo e essa ambição junto com o despertar de Silas provocará um verdadeiro inferno para os personagens.
Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment