The Vampire Diaries 4x13 - Into the Wild

A ilha das enrolações.


Quando a gente termina um episódio pensando que a história vai andar e as tramas ficarão ágeis, é exatamente aí que está o engano. O episódio dessa semana indicava que veríamos um turbilhão de twists pelo fato da cura está muito perto de ser encontrada. Infelizmente muita coisa foi dispensável, foram vários momentos que serviram apenas para preencher o tempo de tela.

Claro que nem tudo é pra se descartar, principalmente quando falamos de Rebekah. A personagem está sendo um grande destaque no quesito sinceridade e no que o público pensa sobre algumas coisas. A começar pelo fato de Elena ser totalmente sem função na caçada pela cura, todos tem alguma função, até Damon que segundo ela tem uma bela retaguarda. A humanização de Rebekah foi uma coisa boa, ainda mais porque a vampira original e poderosa continua lá. Ela combina com Stefan e não queria ver Elena correr pros braços dele depois que essa confusão toda acabar. Acredito que a dinâmica entre todos eles pode se tornar interessante, principalmente se não insistirem em Stelena de novo.

Elena é a pior protagonista EVER. Gosto dela por algum motivo bizarro que não sei explicar, mas a verdade é que em termos criativos a personagem deixa muito a desejar. A rixa com Rebekah só valeu apena por causa de Rebekah e só. A melhor cena foi o momento com Damon em que ela oferece tomar a cura com ele, mas ele por orgulho ou medo se nega e diz que não é Stefan. O que mais me deixa intrigado é que todos pensam que ao encontrar a cura vai ser tudo arco-íris e unicórnios, como Damon pontua, mas se esquecem de Silas que é uma criatura poderosíssima e que provavelmente vai trazer muita dor de cabeça pra todo mundo.

Os segredos revelados por Shane até que são relevantes. Na verdade ele é um ótimo persuasor ou todos são um bando de idiotas que acreditam em qualquer baboseira. Era óbvio que o motivo para todo esse esquema teria algo familiar envolvido, afinal, toda série de fantasia e ficção é sobre amor e relações fraternais (Fringe não me deixa mentir).Vale fazer qualquer coisa pra rever a esposa bruxa que morreu por praticar magia de expressão ao tentar ressuscitar o filho. O que tem mais potencial nessa história é que um terceiro massacre está arquitetado e que um dos cinco caçadores está escondido na ilha e agora manterá Damon como refém. Temo pela vida do personagem, mesmo sabendo que se ele morrer será apenas temporário.
Share on Google Plus

About Wellington Laurindo

Não vive sem música e tem em sua mente uma trilha para cada momento/ período de sua vida. Na vida de seriemaníaco há uns cinco ou seis anos, mas com um background de seriados clássicos desde sua infância. Está deixando a vida ditar por si própria os caminhos que deve seguir e esperando que isso venha dar certo. (@Wellington_Ign)
    Blogger Comment
    Facebook Comment