Glee 4x16 - Feud


Chegou a hora do confronto.

Glee nos trouxe um episódio bastante divertido nesta semana. Achei interessante colocarem todas as tensões que existem dentro do New Directions com duelos de rivais das músicas (ou apenas rixas entre artistas). Foi interessante, pois mostrou um outro lado do seriado, que conseguiu me fazer rir bastante e nem sentir que os minutos estavam se passando. E é exatamente este ar de descontraído que me faz ainda assistir Glee. Embora ache que Will exagerou muito com suas atitudes por cima de Finn e daquele beijo estranho, tenho que dizer que amei vê-lo surtando para cima do rapaz e dizendo que só deixou Finn na liderança do ND, porque sentiu pena dele. Foi um belo tapa na cara da sociedade!

O bom é que a rixa dos dois terminou com um mash up divertido e bem estruturado: N'Sync vs Backstreet Boys. Quem nasceu e presenciou os anos 90 sabe muito bem que estas duas boy bands dividiram opiniões e rixas entre os fãs. Eu acho que eu era uma das exceções, porque curtia ambos, entretanto, não era isso o que rolava nos anos 90. Lembro muito bem que os dois viviam disputando a 1ª posição no Disk MTV, além dos prêmios e entrevistas nos programas famosos. De qualquer maneira, os fãs com certeza devem terem ficados satisfeitos com o mash up , que foi bem fiel aos grupos. No final, Finn e Will quase se entenderam e Finn decidiu sair de Ohio e correr atrás de novos sonhos. Graças à Marley & eu que deu uma bela dica ao lost boy: tentar ganhar um diploma de professor.

Além da rixa entre Finn e Will, ainda presenciamos Ryder e Unique tentando se entenderem, já que Unique foi defender a honra da Marley & eu com Jake, e no fim levou uma patada do rapaz. Eu até entendo o lado do Ryder em não saber e ficar curioso com a situação de Unique, afinal ela não é nem garota, nem garoto. Mas poderia ser cortado toda esta história e deixar mais espaço para a diva Becky e Sue como Nicki Minaj. Pelo menos a briguinha dos dois rendeu num excelente dueto e fez com que Ryder se reaproximasse do casal malhação. Além, claro, de vermos os novos integrantes do ND se entendendo e preservando uma futura amizade.

Como eu disse no parágrafo anterior, Beck divou demais neste episódio e simplesmente me fez rir muito com ela de Nicki Minaj e ensinando seus truques para Sue. Novamente a treinadora usou todo seu lado maldoso para fazer com que Blaine ficasse na cherios. No final, ele foi mais esperto e decidiu se infiltrar lá, para poder derrubá-la. Claro que antes tivemos que vê-lo usando gel de cimento (obra da dupla dinâmica Beck e Sue) e presenciamos um dueto digno de UFC: Nicki Minaj (Sue) vs Mariah Carrie (Blaine). Pronto, este foi o ponto épico do episódio, afinal os fãs de American Idol adoram quando as juradas se desentendem no programa e Nicki solta aqueles olhares de desprezo total para a Mimi.

Já em NY quem roubou a cena foi Santana. A latina conseguiu desmascarar Brody, pena que Rachel e Kurt não descobriram ainda, e foi a responsável pelas melhores falas do episódio. O cover que ela fez de Paula Abdul já merecia uma audição para NYADA, não acham? Santanão também fez com que Finn e Brody se enfrentassem e vou confessar uma coisa: finalmente Finn mostrou ser homem e encheu Brody de porrada! Parece que as semanas em que ficou no ND o fez amadurecer bastante e o transformou em homem (deixou de ser bunda mole). E como era de se esperar, Rachel não está grávida, foi tudo um alarme falso. Ainda acho que esta história poderia ter rendido mais momentos épicos entre Snatanão, Rachel, Brody e Finn, não acham? De qualquer maneira, a latina não ficará por baixo e voltará para a família Rachel e Kurt, morando no apartamento com eles.
Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment