Glee 4x17 - Guilty Pleasures


Momento confissão: qual é a sua "Guilty Pleasure"?

Olá, Gleeks! Hoje estarei falando da minha mais nova Guilty Pleasure. Sabe qual é? Uma dica: tem muita música boa. Sim, se você disse Glee, acertou. Este seriado é minha maior perdição. Muitos amigos meus dizem que assistir a Glee é a maior perda de tempo, que o seriado não traz nada de útil, mas eu discordo. Glee tem seus momentos ruins, mas é um seriado divertido, no qual eu vejo sem pretensão nenhuma. Assisto a Glee só para relaxar e aproveitar os momentos musicais. E, podem até xingar-me, mas eu vejo muitas lições ao assistir. Por exemplo, aceitar o outro como ele é. Glee aborda muito bem a questão da inclusão social, o "ser diferente". Tudo bem que a Titia viaja bastante em algumas histórias, mas no geral, consegue passar alguma coisa boa. Seja pela música, seja pela crítica debochada.

E mais uma vez Glee conseguiu nos proporcionar um episódio gostoso e bastante divertido. Ri muito com os membros do coral zoando Jake por ter escolhido Chris Brown como inspiração. Mas de uma maneira ou de outra, todos nós temos os nossos prazeres culposos e, muitos de nós, não querem assumir isso. Adorei ver as garotas arrasando no cover das Spice Girls, remeteu-me àquela época em que eu vivia tentando imitar os passos da Posh, digo Victoria Beckham. Ou vocês vão me dizer que nunca ficaram cantando no chuveiro "Wannabe"? Sei, vou fingir que acredito, rs.

Se em Ohio os membros do New Directions assumiam seus prazeres culposos através das músicas, em NY não foi tão diferente. Kurt mostrou seu lado consumista ao comprar uma mão de homem (um travesseiro, para ser mais exata) que substituiria o aconchego de um namorado. Uma vergonha total, caso ele fosse espalhar isso para seus amigos, ex e atual namorado, não acham? Mas de qualquer maneira, foi gostoso ver este outro lado de Kurt que, embora adore lançar modas, continua sendo um garoto solitário. 

Entretanto o grande momento do episódio veio com a descoberta da Rachel em relação ao Brody. Santana contou a verdade para a sua nova bff, o que acabou acarretando numa das cenas mais lindas do episódio: o confronto dela com Brody. Tenho que concordar que o que Brody disse é a mais pura verdade. Pelo menos Rachel não se fez de sonsa e conseguiu assumir a culpa que tinha na história toda. Ou vocês achavam que ela tinha esquecido o Finn como vivia dizendo? Bom para nós, pois agora Brody anda solto por NY, fazendo programas sensuais e alegrando a mulherada, rs! De qualquer maneira, a performance de Creep  já entrou para a minha lista das melhores do seriado, além de ter me feito quase chorar. Ótima atuação de Lea! É isso aí, Gleeks! Espero vocês no próximo episódio! Lembrando de que Glee entrará num breve hiatus.
Share on Google Plus

About Gabriella Siggia

Formada em Direito, eterna estudante, bem humorada, alto astral e alegre, mora em São Paulo. Viciada em músicas, filmes e seriados americanos. Seriemaníaca de carteirinha! Mantém um blog pessoal em : http://gabyscseries.blogspot.com/ (@gabyever)
    Blogger Comment
    Facebook Comment